Posts Tagged ‘windows 10’

Windows 10: entenda por que o seu antivírus não está funcionando

Quem atualizou o PC para o Windows 10 e está enfrentando problemas com antivírus pode, agora, tirar todas as suas dúvidas. Alguns programas de segurança ainda não estão compatíveis com o sistema operacional, outros precisam de update.

.

Porém, a maioria está disponível e batam alguns clique para tudo funcionar, já que versões mais antigas não suportam o Windows 10. Confira agora uma lista com os antivírus mais populares que oferecem suporte ao novo sistema da Microsoft e suas respectivas edições atualizadas para fazer download.

Windows 10 atualizou? Saiba configurar seu antivírus para proteger seu computador (Foto: Melissa Cruz / TechTudo)
Windows 10 atualizou? Saiba configurar seu antivírus para proteger seu computador
.

Avast

De acordo com o blog oficial, o avast! Free Antivirus, um dos antivírus gratuitos mais populares do mercado, já ganhou versão compatível com o Windows 10.

Após muitas correçoes, o Avast já está totalmente compatível com o Windows 10 (Foto: Divulgação/Avast)
Após muitas correções, o Avast já está totalmente compatível com o Windows 10
.

Porém, mesmo assim, muitos usuários relataram incompatibilidade com o novo sistema da Microsoft. Os desenvolvedores do programa foram corrigindo os problemas aos poucos. A versão mais recente do Avast (2015.10.3.2223) ganhou melhorias na compatibilidade com o sistema e, agora, funciona melhor.

Essa informação se aplica à versão gratuita do antivírus. Algumas soluções pagas da companhia ainda não foram totalmente adaptadas ao Windows 10. Por exemplo, segundo este tópico no fórum do Avast, a solução Avast Endpoint Protection, que é voltada para o meio corporativo, ainda não está compatível.

.

AVG

Antivírus AVG já está compatível com Windows 10 (Foto: Divulgação/AVG)
Antivírus AVG já está compatível com Windows 10
.

A AVG informa em seu suporte que as versões 2013, 2014 e 2015 já estão compatíveis com o Windows 10 e ” funcionarão sem qualquer limitação”. Se você atualizar para o novo sistema operacional da Microsoft e o AVG não tiver sido instalado automaticamente, é porque você usava uma versão incompatível: AVG 9, AVG 2011 e AVG 2012. Para corrigir, acesse o site da AVG e baixe novamente.

.

Avira

O antivírus alemão Avira também já suporta o Windows 10 (Foto: Divulgação/Avira)
O antivírus alemão Avira também já suporta o Windows 10
.

O antivírus alemão Avira também já está compatível com o Windows 10, desde a versão 15.0.11.579. A fabricante de antivírus fez questão de estampar isso na página inicial do site e nos artigos de suporte técnico. As seguintes edições já estão prontas para o novo sistema da Microsoft: Avira Antivírus Free; Pro; Launcher; System Speedup; Internet Security Suite, Ultimate Protection Suite e Avira Browser Safety, extensão que é compatível com os navegadores Chrome e Firefox.

Se você ainda usa versões anteriores à 15.0.11.579 de algum desses produtos Avira, ela não será compatível com o Windows 10. Os produtos Family Protection Suite, Internet Security e Internet Security Plus foram descontinuados, além da extensão Browser Safety para Internet Explorer.

.

Baidu

O chinês Baidu ainda não suporta o Windows 10 (Foto: Divulgação/Baidu)
O chinês Baidu ainda não suporta o Windows 10
.

O antivírus chinês Baidu está longe de ser o favorito no setor e para piorar, ao contrário de seus rivais, o programa ainda não tem suporte para o Windows 10, segundo o Centro de Compatibilidade da Microsoft. A versão mais recente (5.2) é compatível apenas com o Windows 8.1. A equipe do TechTudo buscou uma resposta com a assessoria de impressa da Baidu e nos artigos de suporte do antivírus, mas não encontrou nenhum dado sobre uma atualização para o Windows 10.

.

BitDefender

Este é mais um antivírus completamente compatível com o Windows 10 (Foto: Divulgação/BitDefender)
Este é mais um antivírus completamente compatível com o Windows 10

.

O BitDefender Internet Security foi um dos primeiros a se adaptar ao Windows 10. Desde a versão 18.23.0.1604, o programa pode ser instalado no novo sistema da Microsoft. A equipe do TechTudo fez testes com a versão mais recente do BitDefender e constatou que ele já está totalmente adaptado.

.

Comodo

Comodo também já suporta o Windows 10 (Foto: Divulgação/Comodo)
Comodo também já suporta o Windows 10
.

A página inicial da Comodo faz questão de destacar que todos os seus produtos já têm suporte ao Windows 10. Há, ao lado de cada antivírus, um selo que confirma a compatibilidade do programa com o novo sistema. Ainda de acordo com comunicado oficial, publicado pela própria empresa, desde a versão 8.2, o produto Comodo Internet Security pode ser instalado no Windows 10.

.

ESET NOD 32

As soluções da ESET NOD32 também já estão compatíveis com o Windows 10 (Foto: Divulgação/ESET)
As soluções da ESET NOD32 também já estão compatíveis com o Windows 10
.

Segundo uma página de perguntas e respostas da ESET, as seguintes versões de seus softwares de proteção já são compativeis com o Windows 10: ESET NOD32 Antivirus versões 8 e 7; ESET Smart Security versões 8 e 7. A empresa informa que usuários das edições 3, 4, 5 e 6 terão seus antivírus automaticamente atualizados para a versão 8. Portanto, se após fazer a atualização para o Windows 10 a sua instalação do ESET parou de funcionar, experimente desinstalar e baixar a versão mais recente.

.

F-Secure

F-Secure também já apresenta compatibilidade com o Windows 10 (Foto: Divulgação/F-Secure)
F-Secure também já apresenta compatibilidade com o Windows 10
.

O antivírus finlandês F-Secure aparece em todas as listas de compatibilidade com o Windows 10 desde a sua versão 15.3, inclusive no AV-Comparatives. Segundo o site oficial, o F-Secure Internet Security abrange todo o suporte, desde a instalação do Internet Security em um novo PC com Windows 10 até o upgrade em PCs com versões do Windows 7/8.x para o Windows 10.

O software foi instalado com êxito a versão mais recente do F-Secure Internet Security numa máquina com Windows 10. A instalação e o escaneamento foram feitos sem problemas no sistema.

.

Kaspersky

O antivírus russo Kaspersky precisou lançar um patch de segurança para se qualificar ao Windows 10 (Foto: Divulgação/Kaspersky)
O antivírus russo Kaspersky usa patch de segurança para se qualificar ao Windows 10
.

O antivírus russo Kaspersky informou no seu blog que o software está compatível com o Windows 10. Havia apenas a necessidade da implementação de um patch de correção para que o programa de segurança rodasse normalmente. Portanto, antes de fazer a atualização para o novo sistema operacional, seja ela feita via Windows Update ou via instalação limpa, desinstale o antivírus do computador. Após ter feito o upgrade para o Windows 10, baixe a versão mais recente do programa.

Caso não faça o procedimento, alguns recursos – como escaneamento da memória, proteção contra screen lockers, vírus criptografados, rootkits e análise heurística – podem não funcionar corretamente.

.

McAfee

Antivírus McAfee (Foto: Divulgação/McAfee)
McAfee tem uma parceira com a Intel
.

O antivírus McAfee, que atualmente conta com uma parceria com a Intel, também já está compatível com o Windows 10. Eles divulgaram a informação neste artigo de suporte. O programa já podia ser instalado no Windows 10 desde as versões beta. Porém, se você usa uma edição anterior à 14.0.1029, ela não funcionará no novo sistema operacional da Microsoft, faça o update.

.

PSafe

O PSafe é mais um antivírus chinês que não se adequa ao Windows 10 (Foto: Divulgação/PSafe)
O PSafe antivírus ainda não apresenta suporte ao Windows 10
.

A PSafe é uma empresa brasileira que oferece um antivírus gratuito. O programa não é incluído em nenhuma lista de compatibilidade com o Windows 10, nem na listagem feita pela AV-Comparatives, nem no Centro de Compatibilidade da Microsoft. Na página oficial do produto, também não é feita nenhuma menção ao suporte ao novo sistema operacional, apenas Windows XP, 7, 8 e 8.1. A PSafe informa que a versão Windows 10 segue em desenvolvimento, sem previsão de lançamento.

.

Symantec Norton

O Norton é mais um antivírus a se compatibilizar com o Windows 10 (Foto: Divulgação/Norton)
O Norton é mais um antivírus a se compatibilizar com o Windows 10
.

O Norton está compatível com o Windows 10. Na página oficial da Symantec, a empresa explica como os usuários que planejam fazer o upgrade para o novo sistema da Microsoft poderão aproveitar o antivírus.

Durante os testes, foi instalado o Norton Antivírus em uma máquina com Windows 10 sem problemas e, inclusive, foi realizado o escaneamento padrão em busca de vírus. Tudo funcionou perfeitamente.

.

TrendMicro

Antivírus TrendMicro (Foto: Divulgação/TrendMicro)
Antivírus TrendMicro já está disponível para o Windows 10
.

De acordo com a página de suporte, os produtos TrendMicro Premium Security; Maximum Security; Internet Security e AntiVirus+ Security já têm suporte para o Windows 10 desde a nova versão do antivírus (10.0.1150). Como o navegador Microsoft Edge ainda não aceita plugins e add-ons, a empresa alerta que o TrendMicro Internet Security ainda não protege a navegação nesse browser.

A única recomendação é de que, antes de atualizar o sistema para o Windows 10, o usuário baixe e instale a edição mais recente do antivírus TrendMicro. A equipe do TechTudo fez alguns testes com ele. O programa funcionou muito bem e está compatível com o sistema operacional.

.

Via Felipe Alencar para o TechTudo

Anúncios

Windows 10: veja como preparar seu computador para o novo sistema

IMG_20150709_084840025_HDR

.

A migração para o Windows 10 deve ser um processo livre de dor para a maioria das pessoas, mas sabemos que essas coisas nunca são perfeitas. Por isso, é uma boa ideia se preparar antes de fazer a atualização.

A Microsoft diz que as pessoas só perderão seus programas e arquivos no processo de migração se quiserem, mas é sempre bom ter uma garantia própria de que você poderá voltar a como tudo estava anteriormente se alguma coisa der errado.

Por isso, damos as dicas de como se prevenir contra possíveis problemas:

1) Mantenha seus arquivos importantes em segurança

Tenha certeza de antes de tudo, guardar fotos importantes e documentos que estejam guardados em algum pendrive, HD externo, CD, DVD, ou suba-os para algum serviço de armazenamento, como OneDrive, Google Drive, Dropbox, ou algum outro de sua preferência. Esse tipo de arquivo que é irrecuperável caso você encontre algum problema grave deve ser sua prioridade.

2) Crie uma imagem do Windows para recuperação em caso de problema

É mais fácil do que parece, mas o caminho é diferente no Windows 7 e no Windows 8.

No W7: Entre no Painel de Controle, acesse Sistema e Segurança, Fazer Backup do Computador e clique em Criar uma imagem do sistema. Você vai precisar de pendrives, um HD externo, DVDs ou um segundo disco rígido na sua máquina. Escolha onde gostaria de salvar o arquivo de backup e pressione Avançar. O procedimento pode levar mais de uma hora e depende da velocidade do seu computador e do volume de dados que precisa ser guardada.

No W8.1: Entre no Painel de Controle, acesse Sistema e Segurança e procure pela opção Histórico de Arquivos. Clique em Backup da Imagem do Sistema. Então, selecione onde gostaria de salvar o arquivo de recuperação e pressione Avançar. Todo o resto é igual no Windows 7.

3) Verifique se seu computador tem alguma incompatibilidade

Se você recebeu a notificação ao lado do relógio para receber o Windows 10, significa que sua máquina é minimamente compatível, mas não quer dizer que sua experiência será perfeita. O aplicativo fornecido pela Microsoft, o Obter o Windows 10, faz essa varredura por incompatibilidades. Execute-o, clique no ícone no canto superior esquerdo e selecione a opção Verificar meu Computador.

O teste procura por drivers incompatíveis e aplicativos que podem não funcionar no Windows 10. Como você já recebeu a notificação para atualização, a tendência é que a busca não retorne problemas.

4) Confirme os requisitos mínimos

O Windows 10 não é muito exigente em relação a hardware. Veja o que é necessário:

Processador: de 1 GHz ou mais rápido ou SoC;
RAM: 1 gigabyte (GB) para a versão de 32 bits ou 2 GB para a de 64 bits;
Espaço em disco: 16 GB para a versão de 32 bits e 20 GB para a de 64 bits;
Placa gráfica: DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0;
Tela: Resolução mínima de 1024 x 600.

5) Tire todas as suas dúvidas

Preparamos um guia que responde às maiores dúvidas do público sobre o novo Windows. Clique aqui e leia.

Tudo o que vc precisa saber sobre o Windows 10

.

O Windows 10 é amplamente esperado, mas ainda há muitas dúvidas sobre tudo que envolve o novo sistema operacional da Microsoft. A seguir estão as respostas para as perguntas mais comuns que vemos sobre o novo Windows para PCs:

Quando sai?

29 de julho de 2015.

Quanto custa?

Se você tiver o Windows 7 ou 8.1 e aceitar a atualização até o dia 29 de julho de 2016,nada. Se quiser fazer depois disso, terá que pagar por uma licença, cujo valor em reais ainda não foi divulgado pela Microsoft.

Mas é de graça mesmo? Sem pegadinhas? Tem certeza? Jura? Não é golpe? 

A Microsoft promete e garante que não há nenhuma pegadinha. Quem aceitar a oferta no prazo terá o Windows 10 para sempre naquele computador, sem nenhuma cobrança adicional. Sem cobranças mensais ou anuais. Não se trata de um trial que exige que você pague ao fim de um ano.

E se meu computador com Windows 10 der problema depois de um ano, quando a oferta não valer mais? Posso reinstalá-lo de graça?

Sim. Depois que você fizer a atualização, a Microsoft reconhece que o seu computador tem acesso ao Windows 10 de graça. Você pode reinstalá-lo naquela máquina quantas vezes você preferir.

Tenho que voltar para o Windows 7 ou 8.1 se eu formatar meu PC depois de instalar o Windows 10?

Não.

Como posso fazer isso?

Haverá duas opções de reinstalação do Windows 10. A primeira é realizar a restauração de fábrica, que limpa as configurações da máquina, mas não é tão radical. A outra é a formatação tradicional, usando uma mídia USB ou DVD. As duas serão possíveis.

Comprei/Montei um computador novo. Posso aproveitar minha licença do Windows 10 na nova máquina?

Não. A oferta gratuita da Microsoft é vinculada ao hardware, e não ao usuário. Mas se você comprou um PC com Windows 7 ou 8.1 antes de 29 de julho de 2016, pode fazer o update gratuito também.

Tenho mais de um computador em casa. Posso instalar o Windows 10 em todos eles?

Sim, a oferta é vinculada ao hardware, não ao usuário. Isso significa que você pode aproveitar a promoção gratuita (enquanto ela durar) em todas as suas máquinas.

Do que eu preciso para rodar o Windows 10?

  • Windows 7 com o Service Pack 1 (SP1) ou Windows 8.1 com Update 2
  • Processador ou system-on-chip de 1GHz. As versões de 64 bits do Windows 10 necessitam de um processador que suporte CMPXCHG16b, PrefetchW, e LAHF/SAHF.
  • 1 GB de RAM para o sistema de 32 bits e 2 GB para o sistema de 64 bits.
  • 16 GB de espaço em disco para o sistema de 32 bits, ou 20 GB para o sistema de 64 bits.
  • GPU compatível com DirectX 9 ou superior. Alguns aplicativos e jogos requerem DirectX 10 ou superior para um desempenho melhor
  • Resolução de tela mínima de 1024×600

Aceitei a notificação para reservar a atualização gratuita. E agora?
Se você aceitou o aplicativo Get Windows 10, espere o dia 29 de julho. A Microsoft deve oferecer as instruções detalhadas para instalação quando o sistema for liberado.

Desisti de instalar o Windows 10 mas já reservei a atualização. E agora?

  • Clique com o botão direito do mouse no ícone do Get Windows 10 ou no ícone do Windows localizado na extremidade direita da barra de tarefas.
  • Selecione “Check your upgrade status” (Verificar seu status de atualização)
  • Selecione “Cancel reservation” (Cancelar reserva)

Não recebi a notificação para reservar o Windows 10. E agora?

Há alguns possíveis motivos para isso acontecer.

  • Seu dispositivo não estiver executando o Windows 7 SP1 ou o Windows 8.1 Update 2.
  • Você estiver executando uma versão Enterprise do Windows que não está qualificada para esta oferta.
  • As atualizações automáticas do Windows não estiverem habilitados em seu dispositivo.
  • Seu dispositivo não atender aos  requisitos mínimos do sistema.
  • Seu dispositivo não estiver conectado à Internet.
  • Seu dispositivo estiver qualificado, mas a Microsoft ainda está trabalhando em outras atualizações, como a obtenção de um novo driver.

Pode ser que seu aparelho se encaixe na última opção. Vale a pena esperar um pouco mais.

Terei algum problema de compatibilidade se instalar o Windows 10?

A Microsoft diz que não deve haver problemas de incompatibilidade de aplicativos ou periféricos com o novo sistema. No entanto, há uma forma de verificar. Existe uma ferramenta chamada “Upgrade Advisor” no aplicativo Get Windows 10. Ele permite verificar incompatibilidades e oferece sugestões de soluções para possíveis problemas. Para isso…

  • Abra o aplicativo Get Windows 10, que se encontra na extremidade direita da barra de tarefas.
  • Clique no ícone de Menu.
  • Clique em Check your PC (Verificar seu PC).

Eu perco algum recurso instalando o Windows 10?

Sim, alguns recursos das versões anteriores do Windows serão perdidos. Nenhum deles era fundamental, mas, sim, algumas coisas serão deixadas para trás.

  • Fim do Windows Media Center, inexistente na versão 10.
  • O jogo “Copas” também será extinto, enquanto “Campo Minado” e “Paciência” serão reformulados.
  • Os gadgets do Windows, complementos do desktop que exibiam informações como a previsão do tempo, também não existirão mais.
  • Quem ainda usa leitores de disquetes via USB precisará baixar novos drivers para que o dispositivo funcione no Windows 10.
  • Será necessário um software externo para assistir a DVDs no Windows 10

Tenho o Windows 8 (e não o 8.1). Posso fazer o upgrade direto?

Não. É necessário antes fazer a atualização grátis para o Windows 8.1 e depois pensar em avançar para o 10.

E os meus arquivos? Eu perco algum deles com o Windows 10?

Só se você quiser. Na hora de fazer a atualização a Microsoft vai perguntar se você quer limpar o HD antes de instalar, ou se pretende manter seus arquivos. Cuidado para não fazer a escolha errada e perder tudo sem querer.

Qual versão do Windows 10 eu receberei?

As tabelas abaixo explicam bem as equivalências de versões:

Reprodução

Se eu não gostar, eu posso voltar atrás para a versão antiga do sistema?

A Microsoft diz que sim, isso será possível, mas não dá muitos detalhes de como fazê-lo. É recomendável criar uma mídia de recuperação antes de migrar por conta própria para o caso de não gostar do Windows 10.

Tenho um sistema de 32 bits. Posso instalar o Windows 10 de 64 bits?

Não diretamente. Se você fizer a atualização automática, o sistema fará a substituição direta: Windows 7 ou 8.1 de 32 bits para o Windows 10 de 32 bits. Fazer a transição irá requerer uma formatação e uma instalação nova. Mas é possível, sim.

Meu Windows é pirata. Posso atualizá-lo?

A empresa promete ofertas especiais para quem estiver em situação irregular, mas não deve oferecer uma atualização gratuita. A Microsoft é bem vaga em relação a este assunto.

Tenho o Windows 10 Preview instalado no PC. Terei acesso à versão final do sistema?

A Microsoft finalmente explicou a situação.

Cenário 1: Você tem a versão de Preview do Windows 10 e quer permanecer um Insider

Se você quiser continuar colaborando com o programa de testes da Microsoft, você terá uma cópia legítima do Windows 10, e continuará recebendo updates antes de todo mundo. É como se usasse eternamente uma versão beta do Windows, tendo acesso às novidades antes do público geral, mas também correndo mais riscos de encontrar bugs inesperados, problemas de incompatibilidade, e etc.

Cenário 2: Você atualizou seu PC com Windows 7 ou 8.1 para o Preview do Windows 10 sem formatar seu PC, mas quer sair do programa de Insider

Assim que o Windows 10 chegar à sua versão final, você irá recebê-la. Se você decidir optar a versão normal do sistema e deixar de receber updates de teste, você pode. Se sua versão do Windows 7 ou 8.1 era genuína, ela continua genuína com o Windows 10.

Ou seja: a oferta de atualização grátis do Windows 7 ou 8.1 também vale para quem fez a atualização do Windows 10 Preview pelo caminho oficial. Se você formatou sua máquina e instalou o W10 por uma imagem ISO, a sua situação fica mais difícil.

Cenário 3: Você formatou seu PC e instalou o Preview do Windows 10, mas quer sair do programa de Insider

Enquanto você fizer parte do programa de Insiders, você continuará recebendo atualizações de preview, como descrito no Cenário 1, e continuará com uma edição genuína do sistema. Se optar por sair do programa e parar de receber estas atualizações de testes, estas versões irão expirar, e a Microsoft irá notificá-lo para adquirir uma licença genuína do Windows 10 para continuar utilizando, ou solicitar que você reinstale uma versão anterior do sistema.

.

Fonte: Olhar Digital

Faça sua reserva da atualização gratuita do Windows 10 que chega em 29 de julho

Palestra sobre Google Hacking no Google I/O extended brasilia df 2015

A Microsoft confirmou que o Windows 10 chega mesmo em julho para PCs, mais especificamente no dia 29. Ele será uma atualização gratuita para quem está no Windows 7 ou 8.1, e usuários já estão recebendo uma notificação chamada “Baixe o Windows 10″.

É importante notar que você ainda não pode baixar a versão final do Windows 10 porque ela não está pronta. A notificação serve apenas para você entrar na lista de reserva: dessa forma, a atualização será baixada automaticamente em julho. Basta clicar em “Reserve sua atualização gratuita” e pronto. Se você quiser, pode colocar seu endereço de e-mail para receber uma mensagem de aviso também, mas isso não é necessário.

Ao clicar em “Ignorar confirmação de e-mail”, ou ao inserir seu endereço de e-mail, surge a seguinte mensagem:

  • Não é preciso fazer mais nada. Você receberá uma notificação em seu computador ou tablet quando o Windows 10 estiver pronto para ser enviado.

Estes são os requisitos de sistema para o Windows 10:

  • Processador: Processador de 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido
  • RAM: 1 gigabyte (GB) para 32 bits ou 2 GB para 64 bits
  • Espaço em disco rígido: 16 GB para 32 bits ou 20 GB para 64 bits
  • Placa gráfica: DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0
  • Tela: 1024×600

Você pode verificar se seu PC terá problemas de compatibilidade com o Windows 10 clicando no botão de menu e depois em “Verifique seu computador”. Você tem alguma dúvida sobre essa atualização? A Microsoft preparou uma seção de perguntas e respostas – disponível neste link – para ajudar.

Caso você queira cancelar sua reserva, clique no botão de menu e depois em “Veja a confirmação”. Depois, clique em “Cancelar a reserva” e, na próxima tela, em “Cancelar a reserva”.

Loja revela preço de versões do Windows 10

Windows 10

As novidades relacionadas ao Windows 10 não param de chegar. Após a Microsoft ter confirmado que a nova versão de seu sistema operacional chega no próximo dia 29 de julho, eis que uma das maiores lojas dos Estados Unidos acaba de trazer o preço da atualização e mostrar o quanto teremos que desembolsar caso queiramos abraçar a novidade tão logo ela chegue.

De acordo com o que foi listado pelo site Newegg, que já colocou em pré-venda a versão para empresas do sistema — a chamada OEM —, a edição Windows 10 Home chegará às lojas custando US$ 109,99 e a edição Professional por US$ 149,99. Em nossa moeda, isso representa cerca de R$ 350 e R$ 477, respectivamente, descontando-se os impostos.

Os valores pegaram todo mundo de surpresa não apenas por terem sido vazados muito antes da Microsoft fazer qualquer pronunciamento oficial sobre o assunto, mas por mostrar que houve um aumento em relação àquilo que foi visto com o lançamento do Windows 8. Na época, o sistema era vendido US$ 10 mais barato.

É claro que sempre há a possibilidade da loja ter se equivocado ou mesmo colocado um valor aproximado apenas para poder fazer a venda antecipada. No entanto, como o site ZDNet aponta, o fato da Newegg ter feito as reservas antes do anúncio da data já listando o produto para o dia 29 de julho é uma prova de que o varejo tem acesso a essas informações há algum tempo.

Apesar da versão listada representar a edição para empresas do Windows 10, é bem pouco provável que tenhamos algo muito diferente disso no lançamento doméstico. Por outro lado, é sempre bom lembrar que a Microsoft já havia prometido oferecer gratuitamente a atualização do sistema operacional para quem possui o Windows 7 ou Windows 8 instalados — e originais, é claro — em seus PCs, o que significa que muitos não vão ter que se preocupar com o aumento no preço ou mesmo com o valor pelo qual o produto vai chegar por aqui. Para os demais, talvez seja a hora de ir contando aquelas moedas.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/windows/loja-revela-preco-de-versoes-do-windows-10/#ixzz3bua8UzLg

Windows 10 não será gratuito para quem usa Windows pirata

Windows 10

Não é novidade que a Microsoft tem promovido o Windows 10 como um “serviço” que vai abraçar o maior número possível de plataformas, desde tablets e smartphones até aos desktops convencionais. Parte desse sucesso a empresa espera alcançar disponibilizando o sistema de graça, até mesmo para quem tem versões piratas do software. Mas até que ponto essa distribuição será gratuita?

Em nota no blog oficial da Microsoft, Terry Myerson, chefe de sistemas operacionais da companhia, esclareceu esse assunto que tem causado confusão desde março, quando a entidade deu a entender que todas as versões a partir do Windows 7 receberiam o Windows 10, independentemente se são ou não originais. No entanto, como já era de se esperar, cópias falsificadas não irão atualizar automaticamente para a nova versão do sistema de PCs mais usado no mundo.

Funcionará da seguinte maneira: se a sua máquina possui uma cópia legítima do Windows 7 ou Windows 8.1 poderá baixar a atualização para o Windows 10 na faixa. Mas se a plataforma instalada no seu computador não for genuína, será mostrado um aviso durante o download da atualização informando de que aquela cópia não é legítima e que, por esse motivo, será necessário comprar uma licença legal da Microsoft. Neste caso, a própria janela de instalação deve exibir links para que o consumidor adquira uma cópia oficial do software e, assim, consiga atualizar seu PC.

“Nossa oferta para atualizar gratuitamente o Windows 10 não se aplica a dispositivos rodando cópias não-genuínas do Windows”, comentou Myerson. “Criamos uma marca d’água para notificar o usuário quando não for possível verificar se o Windows está licenciado ou instalado corretamente, ou que não foi adulterado”. Essa marca d’água vai aparecer na janela de atualização do Windows 10.

Equívoco na Microsoft? Não é bem assim…

Você deve estar pensando que após essa declaração de Myerson, a Microsoft pode ter voltado atrás no que diz respeito à atualização de cópias piratas do Windows para o WIndows 10. No entanto, é importante destacar que a companhia nunca disse publicamente de que tomaria essa atitude. O que foi dito é que todos os usuários de versões não autenticadas poderão migrar para o novo sistema e regularizar a situação a partir da própria Windows Store.

O que pode ter confundido muita gente foi aquilo que explicamos anteriormente: de que o Windows 10 está sendo promovido como uma plataforma gratuita para todos os dispositivos e versões (a partir do Windows 7), sejam elas genuínas ou falsas — o que não deixa de ser verdade. A própria Microsoft gerou ainda mais confusão em outras declarações recentes ao sinalizar que cópias piratas continuariam piratas mesmo após a atualização para o Windows 10.

Entretanto, o que a Microsoft não explicou de forma clara é que computadores rodando software pirata poderão sim ser atualizados, desde que o usuário compre uma licença oficial. Ou seja, o mesmo procedimento usado na transição de um Windows para o outro. E é aí que os preços podem surpreender milhares de consumidores, uma vez que essa atualização não costuma ser muito barata.

Em todo o caso, o Windows 10 chega em julho em sete edições diferentes e, como dito, será gratuito para quem já tem o Windows 7 e ou Windows 8.1. Essa atualização irá durar por apenas um ano a partir do lançamento do Windows 10, com updates garantidos durante toda a “vida útil” do sistema ou do seu dispositivo. Além disso, testadores do Windows Technical Preview poderão baixar o novo sistema de graça assim que a plataforma for liberada no segundo semestre.

Fonte: Blog da Microsoft

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/windows/windows-10-nao-sera-gratuito-para-quem-usa-windows-pirata-41605/#ixzz3aXNCf6Gx

Sucessor do Internet Explorer se chama Microsoft Edge

Microsoft Edge

A Microsoft anunciou hoje o navegador que vai suceder o Internet Explorer. O software, que era conhecido pela alcunha de “Project Spartan” enquanto estava em desenvolvimento, se chama Microsoft Edge. As informações foram reveladas em um evento da empresa para desenvolvedores em San Francisco hoje.

De acordo com a Microsoft, o Edge é um navegador focado em produtividade. Seu nome se refere a “estar na fronteira entre consumir e criar”. O nome deriva também da engine de renderização que a Microsoft utiliza no Windows 10 (EdgeHTML). Ele permite ao usuário realizar anotações nas páginas visitadas, oferece um modo de leitura sem distrações, e traz também a assistente virtual da empresa, a Cortana.

Além disso, o navegador também é capaz de usar extensões, como o Chrome e o Firefox. Durante o evento, a Microsoft mostrou o Edge utilizando, “com apenas algumas mudanças”, uma extensão feita originalmente para o navegador do Google. O gerenciamento das extensões é semelhante ao do Chrome, com um ícone na barra superior.

A Microsoft pretende continuar oferecendo suporte para o Internet Explorer para empresas que utilizam o navegador. O Edge, no entanto, será o navegador padrão do Windows 10.

Fontes: The Verge / Olhar DIgital