Posts Tagged ‘promete’

Microsoft lança site com informações próprias

 

(Foto: Microsoft)

“Algumas vezes números são mais eficientes para contar uma história do que palavras”, diz o blog da Microsoft. Para seguir a filosofia, a companhia lançou, nesta segunda-feira, 12, um site para mostrar diversas estatísticas de seu universo.

O site informa, por exemplo, que já foram vendidas mais de 100 mil licenças para Windows 8; que os usuários do Skype gastam cerca de 2 bilhões de minutos por dia no serviço; e até que os funcionários da Microsoft comem aproximadamente 554 mil pedaços de pizza por ano.

A página apresenta interface semelhante à do Windows 8 e traz mais uma série de números curiosos. A empresa promete atualização frequentemente.

 

Anúncios

Coreia do Sul quer carregar ônibus elétricos sem precisar de fios

 

A Coreia do Sul testa uma nova tecnologia para carregar ônibus elétricos sem a necessidade de fios. Batizados de Veículos Elétricos Online (OLEV, na sigla em inglês), os meios de transporte podem ser abastecidos por energia quando estão ou não em movimento.

Os ônibus recebem a carga de uma inovação conhecida como Campo Magnético Estruturado em Ressonância (SMFIR, na sigla original), desenvolvida pelo Instituto de Ciência e Tecnologia do país asiático.

A SMFIR funciona com cabos instalados abaixo do asfalto que criam um campo magnético para levar a energia até os veículos. Os testes começaram na última terça-feira, 6, na cidade de Gumi e os ônibus percorreram 24 km com uma carga de 100 kW na frequência de 20 kHZ.

Os cabos de força só precisam ser instalados em uma área relativa a 5% e 15% da rota percorrida. Além disso, são ativados apenas quando o meio de transporte passa por cima deles, reduzindo os custos. Vale ressaltar que o sistema promete aproveitar 85% da energia transmitida pelas linhas.

Os OLEVs prometem ser um grande passo rumo à popularização dos carros elétricos. No entanto, para a tecnologia se firmar, ainda é necessário vencer alguns obstáculos como preço, peso, volume, resistência para viajar longas viagens, etc.

O prefeito de Gumi quer aumentar a frota de OLEVs para até 12 veículos até 2015. Há planos de testar a tecnologia também na Malásia e em Utah, EUA.

Startup desenvolve sistema para pagamento com digitais

Paytouch promete maior segurança e rapidez nas transações financeiras

Paytouch

 

A startup espanhola Paytouch criou um sistema que possibilita realizar pagamentos utilizando nada mais do que as pontas dos dedos.

O serviço funciona com um leitor biométrico que identifica as impressões digitais e se conecta a uma conta criada pelo usuário no Paytouch, associada a um cartão de crédito.

A medida promete ser mais segura e rápida, já que é muito mais difícil falsificar uma impressão digital do que clonar um cartão de crédito, por exemplo.

O leitor da máquina identifica as saliências e o pulso dos dedos, o que impossibilita o uso de fotografias ou cópias feitas de silicone e outros materiais. Segundo a empresa, o processo de identificação do usuário e pagamento demora em média 5 segundos.

O Paytouch já funciona em um hotel em Ibiza e em uma loja em Barcelona, ambas na Espanha, mas continua em busca de financiação para expandir seus serviços.

CeBIT 2012: Brasil é destaque na maior feira de tecnologia do mundo

Em cerimônia de abertura, presidente Dilma lembra que o país é o terceiro mercado consumidor de computadores

 
CeBit

Nesta terça-feira (06/03) começa mais uma edição da maior feira de tecnologia e comunicação do mundo, a CeBIT, que vai ocorrer em Hannover (Alemanha) de 6 a 10 de março. A edição de 2012 terá, pela primeira vez, o Brasil como país parceiro do evento. Por conta disso, durante a cerimônia de abertura, que aconteceu nesta segunda-feira (05/03), a presidente Dilma Rousseff esteve ao lado da primeira-ministra alemã Angela Merkel na inauguração da feira.
A presidente iniciou o seu discurso defendendo a universalização do acesso às tecnologias de informação e de comunicação, que, segundo ela, servem à transparência e à eficiência das políticas públicas, além de oferecer novas possibilidades de acesso ao conhecimento. A exclusão das tecnologias de informação acentua a exclusão social e acirra ainda mais as desigualdades já existentes. Por isso, junto com políticas consistentes de combate à pobreza e de redução das desigualdades sociais, o Brasil fez uma opção clara nos últimos anos por universalizar o acesso a essas tecnologias e estimular seu desenvolvimento no país”, ressaltou.

Ainda durante a apresentação, Dilma lembrou que o Brasil é o terceiro mercado consumidor de computadores. De acordo com ela, mais de 61 milhões de pessoas têm acesso à internet e o uso de banda larga duplicou, atingindo 41 milhões de acessos. Já o investimento estrangeiro direto no setor de telecomunicações cresceu mais de dez vezes em 2011, saltando para mais de US$ 6 bilhões.

Para a presidenta Dilma, a escolha do Brasil como país parceiro da CeBIT 2012 simboliza uma nova etapa na cooperação com a Alemanha. O programa “Ciência Sem Fronteiras” também promete fortalecer a parceria entre os dois países. “A vinda de milhares de jovens estudantes brasileiros bolsistas do programa ‘Ciência Sem Fronteiras’ fortalecerá ainda mais as nossas relações. Somos muito reconhecidos ao empenho do governo alemão que conferiu agilidade a essa iniciativa. Queremos construir ainda mais conexões a essa parceria”, finalizou.

Você conhece a tecnologia Gorilla Glass?

Recurso promete invadir nossas vidas muito em breve. Saiba mais sobre ele!

Gorilla Glass Touchscreen

Aparelhos touchscreen se tornaram algo tão comum em nossas vidas, seja pelos smartphones, tablets e outras plataformas, que você até pode pensar que não podemos ter uma experiência ainda mais imersiva nesse tipo de tecnologia. Mas, como nesse universo tudo acontece muito rapidamente, especialistas preveem que em dez ou 15 anos, produtos um tanto futurísticos terão um papel fundamental no dia a dia das pessoas.

Hoje, já é possível acompanhar o desenvolvimento de televisões, videogames e eletrodomésticos totalmente interativos. E uma dessas inovações é o Gorilla Glass, um recurso criado pela empresa Corning, que consiste em uma tela touchscreen feita de vidro que não risca e é mais forte e resistente do que os periféricos atuais. Atualmente, já é utilizado em smartphones da Samsung e LG.

Pensando em prever como vamos viver nos próximos anos com a utilização dessa ferramenta, a Corning produziu um vídeo no qual fala sobre como essa tecnologia inteligente em vidro vai nos ajudar a reconstruir o que conhecemos do planeta no futuro. As demonstrações chegam a ser alucinantes, e você com certeza vai se impressionar em como o cotidiano pode ficar bastante interessante com exposições interativas e múltiplas funcionaldiades.

Reprodução

O clipe de seis minutos de duração começa com uma criança dormindo, quando um display acoplado no chão do quarto começa a exibir a hora, fotos e outras atividades. Portátil, o aparelho se assemelha a um tablet transparente, e pode se transportado para um ambiente maior, permitindo que o indivíduo tenha acesso a um acervo de informações sobre os próprios objetos, como roupas e calçados. A interação continua no caminho para a escola, dentro do carro, que também possui um painel inteligente.

Apesar de revelar inovações nos segmentos profissionais e residenciais, no entanto, é provável que os focos principais sejam em áreas como educação e medicina que, em muitos países, carecem de investimento e recursos realmente eficientes.

No vídeo, as crianças sentam-se em fileiras, cada uma com o seu computador de mão. Na mesa dos estudantes, os PCs mostram apenas o que está na tela principal, como o sistema de menus e recursos interativos, evitando que os alunos se distraiam e, assim, prestem atenção apenas nos professores. Os conteúdos mostrados dão uma impressão de profundidade 3D, e há até um painel semelhante ao que é encontrado no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, onde os visitantes têm de montar palavras embaralhadas através do movimento das mãos.

Reprodução

Já no hospital, os médicos portarão os tablets transparentes que vão exibir em tempo real a ficha completa dos pacientes, além de seus diagnósticos. Essas informações podem ser passadas facilmente para uma tela maior, que também mostra todos os exames já feitos pelos doentes. O mais impressionante, talvez, é a reprodução holográfica do próprio enfermo na mesa hospitalar, onde os doutores podem analisar o cérebro e outras partes do corpo utilizando a realidade aumentada.

Futurístico ou não, essa é uma boa forma de visualizarmos como pode estar nossa vida tecnológica daqui alguns anos. Enquanto esses dias não chegam, aproveite para assistir aos vídeos do A Day Made of Glass (o primeiro é a versão reduzida, e o segundo a versão completa, de onze minutos).