Posts Tagged ‘os dois’

Apex-Brasil instala centro de negócios em São Francisco

Agência pretende estreitar relações com Estados Unidos e impulsionar desenvolvimento de startups brasileiras

A Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) inaugurou nesta sexta-feira (23) o novo centro de negócios localizado em São Francisco, nos Estados Unidos, com o objetivo de impulsionar as relações empresariais entre os dois países com foco em tecnologia.

O segundo escritório no país recebeu US$ 50 mil em investimento da agência, que pretende atuar em diversas frentes. Uma delas é promover a captação de investidores norte-americanos para a instalação de empresas brasileiras de TI em São Francisco. Além disso, a Apex-Brasil – presente nos EUA desde 2005 com um centro em Miami – oferecerá suporte para impulsionar o desenvolvimento de empreendedores e startups de tecnologia e conectá-los com o mercado local.

Durante a abertura Brasil Summit 2013, o presidente da agência, Mauricio Borges, reforçou a importância do novo espaço para estimular investimentos externos no setor de TI e incentivar a inovação. “O setor de tecnologia no Brasil está vivendo um momento muito importante com a expansão da cultura de startups e esse novo escritório será estratégico pra essas empresas.”

No evento, que conta com a presença de representantes da Apex-Brasil, do governo, de entidades e empresas de tecnologia brasileiras e americanas, o cônsul geral do Brasil em São Francisco, Eduardo Prisco Ramos, falou sobre importância do centro de negócios para aumentar a competitividade do setor de TI “O Brasil tem muito a aprender com São Francisco e esse espaço colaborativo irá colaborar para estabelecer as novas empresas brasileiras no caminho da inovação e criatividade”.

O centro de negócios de São Francisco pretende receber até 30 startups até o final do ano, proporcionado um espaço físico em sua sede que irá funcionar como uma incubadora para novas empresas – inclusive as que fazem parte de projetos como Startup Brasil, do MCTI, e de iniciativas do Sebrae.

Os empreendedores serão selecionados de acordo com a relevância e maturidade de seus projetos e, ao longo de 18 meses, receberão suporte e apoio da Apex-Brasil, como a capacitação e orientação para estruturar seus negócios estrategicamente e aproximação com empresas e investidores locais. De acordo com a gerente executiva de investimentos da Apex-Brasil, Maria Luiza Cravo, muitas empresas internacionais estão enxergando o Brasil como um mercado consumidor e como fonte de inovação. “Nossa meta é tornar expandir essas pequenas empresas e torna-las globais”.

*A jornalista viajou a São Francisco a convite da Apex-Brasil

Anúncios

Transplante de medula “cura” Aids em dois pacientes

Sinais do vírus no organismo dos pacientes foi reduzido para níveis indetectáveis após tratamento

Aids

 

Dois pacientes com o vírus HIV receberam boas notícias após um transplante de medula óssea, de acordo com cientistas envolvidos no caso. Os pesquisadores apresentaram o caso durante conferência da Sociedade Internacional de Aids, que acontece em Kuala Lumpur, na Malásia.

Os dois homens receberam o transplante no hospital Dana-Farber/Brigham and Women’s Cancer Centre, na cidade de Boston, nos Estados Unidos. Ambos sofriam com uma infecção antiga com o vírus HIV e precisaram tratar um câncer no sangue com transplante. Após a operação, deixaram de apresentar níveis detectáveis de infecção no organismo.

Um deles parou de tomar o medicamento contra o vírus há quatro meses e o outro há sete semanas e em nenhum deles houve progressão do HIV, como explica o jornal britânico The Guardian.

Ainda é cedo, no entanto, para falar em uma cura definitiva, já que o vírus tem a capacidade de se “esconder” e se manter em níveis indetectáveis antes de voltar à ativa. “Mesmo que os resultados sejam empolgantes, um acompanhamento de pelo menos um ano é necessário para entender o impacto do transplante de medula óssea na persistência do HIV”, afirma o pesquisador Timothy Henrich, da divisão de doenças infecciosas do hospital.

Entretanto, mesmo que o vírus não reapareça, ainda é muito cedo para falar que o tratamento com medula óssea seja viável para todos. Além dos custos, ainda há uma taxa de mortalidade entre 15% e 20% para os transplantes, e o paciente ainda é obrigado a tomar medicamentos para suprimir o sistema imunológico, sendo que em muitos casos, a pessoa consegue levar uma vida quase normal com o vírus com o tratamento adequado.

Mesmo assim, a cura é possível como mostra o famoso caso do “Paciente de Berlim”, por mais que os esforços para uma vacina até hoje tenham se mostrado ineficazes. Thimothy Ray Brown, que ficou famoso pelo codinome, tinha leucemia e recebeu um transplante de células tronco de um doador com uma imunidade genética ao HIV, o que é algo muito raro. O processo o curou tanto da infecção com HIV quanto do câncer.

Henrich se mostrou empolgado com as pesquisas na área. “Há cinco anos, se você mencionasse uma cura, os pesquisadores não levariam a sério. Nós ainda não chegamos lá. Estamos perto? Provavelmente não, mas quem sabe? Isto pode se tornar uma curva rápida de aprendizado nos próximos anos”, afirma.

Operadoras abrem cadastro para interessados no Galaxy S4

Claro e Vivo disponibilizam formulário para quem quiser receber informações sobre o aparelho

 

samsung
galaxy s4

 

O badalado smartphone topo de linha da Samsung, o Galaxy S4, chega ao Brasil em breve. Com lançamento marcado para 26 de abril, as operadoras já começaram a abrir um cadastro para que os interessados comecem a receber informações sobre o produto.

É o caso da Vivo, a primeira das grandes operadoras a abrir o cadastro. A companhia pede informações como o nome, CPF, número do celular, e-mail, e ainda questiona se a pessoa é ou não cliente.

A segunda a abrir o cadastro foi a Claro. A companhia exige informações mais detalhadas dos interessados, como data de nascimento, gasto mensal com celular e número de telefone fixo. A empresa ainda pergunta qual é o melhor horário para contatar a pessoa.

O Galaxy S4 foi anunciado em grande evento no mês passado. O aparelho deve chegar no Brasil em duas versões diferentes, já homologadas pela Anatel. A primeira, apenas com conexão 3G, deve ter o processador Exynos 5, de oito núcleos, fabricado pela própria Samsung, por R$ 2,4 mil. Já a segunda será compatível com a rede 4G brasileira, mas terá processador Snapdragon 600, de quatro núcleos, por R$ 2,5 mil. Os dois preços correspondem ao aparelho desbloqueado, sem contrato com operadora.

Jovem de 17 anos cria máquina de testes de DNA

Gus Turner queria provar aos amigos que tinha laços de sangue com seu irmão mais novo, mesmo com a diferença de cor dos cabelos

Gus Turner

 

Motivado pelas gozações de amigos da escola, um jovem britânico resolveu ir às vias de fato. Em vez de brigar com eles, Gus Turner, de 17 anos, criou uma máquina que provasse que ele e seu irmão mais novo, Fred Turner, eram filhos dos mesmos pais — mesmo com a diferença da cor de cabelos.

O aparelho feito por Gus realiza parte dos testes de DNA de laboratórios profissionais. “É uma copiadora de DNA”, disse o jovem ao jornal britânico The Daily Mail. Ele gastou um ano e £400, equivalente a R$ 1.200, no seu projeto.

O valor é bem menos que as £3.000 cobradas por uma máquina similar, cerca de R$ 9.000. Chamado de “Reator de Polimerase em Cadeia”, ele foi feito com materiais simples. Até um tocador de vídeo está na lista de especificações.

O esforço do Turner mais velho também lhe rendeu prêmio e reconhecimento. Ele foi celebrado como Engenheiro Britânico do Ano e garantiu uma vaga para estudar Bioquímica em Oxford, um dos centros universitários mais renomados do Reino Unido.

Além disso tudo, o primeiro objetivo também foi alcançado. Após uma série de processos químicos e físicos, o jovem conseguiu uma solução concentrada do DNA do irmão. O próximo passo foi enviar o material a analistas laboratoriais que decodificaram os genes, confirmando aos jovens Turner o que eles já desconfiavam: a diferença na cor dos cabelos está numa pequena diferença das bases protéicas do DNA.

O fato também confirmou, evidentemente, que ambos são irmãos de sangue. Resta saber se os amigos vão parar com as brincadeiras com os dois.