Posts Tagged ‘malwares’

Google corrige vulnerabilidade presente em 99% dos aparelhos Android

Empresa liberou update para fabricantes, que serão responsáveis por enviá-los a usuários

 
Android

 

O Google anunciou nesta terça-feira, 9, que liberou uma atualização de segurança para o Android que corrige uma falha que tornava praticamente todos os dispositivos com o sistema vulneráveis a malwares.

O update já foi enviado para as fabricantes e não diretamente aos usuários. Caberá às empresas a liberação gradual da atualização de segurança.

Os usuários, no entanto, não precisam temer a falha, já que o Google afirma que apenas estão vulneráveis aqueles que instalam aplicativos de fora do Google Play.

A brecha permitia a qualquer hacker modificar o código APK do sistema sem precisar quebrar a assinatura criptografada do aplicativo. Dessa forma, apps poderim se tornar um Trojan, que passa despercebido pela loja de aplicativos, pelo telefone e pelo usuário. 

A descoberta foi feita pela empresa de segurança Bluebox, que dizia ter descoberto a “chave-mestra” para infectar o sistema, que estava no sistema desde a versão 1.6.

Anúncios

Pesquisa mostra que 80% dos PCs brasileiros estão infectados

O Brasil tem 80% dos PCs infectados, apontou uma pesquisa realizada pela PSafe, empresa de segurança online. Segundo a companhia, a ferramenta PSafe Protege detectou que oito em cada dez brasileiros acessam dados de forma insegura.

O PSafe Protege é um antivírus gratuito que, de acordo com a companhia, já eliminou sete milhões de ameaças de computadores brasileiros, ou seja, existiam ao menos dois tipos de infecções em cada máquina.

A ferramenta está alocada na nuvem. Segundo a empresa, o ambiente Cloud faz com que as centenas de servidores da companhia trabalhem simultaneamente para detectar as infecções, fazendo o trabalho fora do computador e deixando o PC livre para executar suas tarefas.

O PSafe Protege possui centenas de servidores para analisar e proteger os computadores, 700 milhões de tipos de vírus catalogados, e tem capacidade para realizar 1 bilhão de consultas e remover 3 milhões de infecções a cada 24 horas. Isso permite exterminar qualquer tipo de ameaça, tais como  vírus, trojans, malwares, spywares, códigos maliciosos e outros códigos que violam a privacidade do usuário.