Posts Tagged ‘internet banking’

Após danificar PCs brasileiros, Microsoft libera nova atualização de segurança

Empresa disse que pacote mira os mesmos riscos, mas não inutilizará computadores

Problema no Windows

Mais de duas semanas após detectar uma falha que inutilizava PCs de brasileiros com Windows 7, a Microsoft liberou uma nova versão do pacote de segurança MS13-036, que desde o dia 10 vinha causando problemas a quem o instalasse.

Isso acontecia em razão da atualização KB2823324, contida no pacote. Agora a empresa colocou para rodar a KB2840149 que, segundo Dustin Childs (gerente de comunicações da Microsoft), mira os mesmos riscos da anterior – mas não tem falhas.

A companhia não explicou o que aconteceu, mas especula-se que a falha tenha sido causada por um problema de incompatibilidade com o plug-in G-Buster, software utilizado para transações de internet banking no Brasil.

Anúncios

Após danificar PCs brasileiros, Microsoft libera nova atualização de segurança

Empresa disse que pacote mira os mesmos riscos, mas não inutilizará computadores

Problema no Windows

 

Quase duas semanas após detectar uma falha que inutilizava PCs de brasileiros com Windows 7, a Microsoft liberou uma nova versão do pacote de segurança MS13-036, que desde o dia 10 vinha causando problemas a quem o instalasse.

Isso acontecia em razão da atualização KB2823324, contida no pacote. Agora a empresa colocou para rodar a KB2840149 que, segundo Dustin Childs (gerente de comunicações da Microsoft), mira os mesmos riscos da anterior – mas não tem falhas.

A companhia não explicou o que aconteceu, mas especula-se que a falha tenha sido causada por um problema de incompatibilidade com o plug-in G-Buster, software utilizado para transações de internet banking no Brasil.

Preocupação dos brasileiros com a segurança na web caiu 38%, segundo pesquisa

O número de entrevistados “seriamente preocupados” diminuiu significativamente, passando de 60% no ano passado para 45% neste ano

Segurança Digital

Uma nova edição do “Índice de Segurança Unisys”, pesquisa semestral que mede a percepção da população sobre diversas áreas da segurança, aponta que mesmo após recentes ataques hackers noticiados, a preocupação dos brasileiros com a segurança caiu 38% em relação a 2011.

De acordo com o estudo, realizado em 12 nações, o Brasil apareceu em oitavo lugar no ranking dos países que mais temem a segurança na web. Antes dele, ocuparam as primeiras posições: Colômbia, México, Hong Kong, Alemanha, Nova Zelândia, Bélgica e Estados Unidos, respectivamente. Os países menos preocupados com o assunto, que integraram a nona, décima, décima primeira e décima segunda posição foram Espanha, Austrália, Inglaterra e Holanda.

Em comparação com a pesquisa realizada durante o primeiro semestre de 2011 no Brasil, o número de entrevistados que se disseram “seriamente preocupados” com a segurança de computadores diminuiu significativamente, passando de 60% no ano passado para 45% neste ano. Paralelamente, 33% dos brasileiros ouvidos em 2012 afirmaram não se preocupar com o tema, contra 13% no ano anterior.

Ainda de acordo com o levantamento, 43% dos respondentes no Brasil afirmaram estar “muito preocupados” com a segurança durante a navegação e transações em lojas online e internet banking. Em 2011, 54% dos entrevistados disseram que se preocupavam seriamente com o assunto.

Para o levantamento, foram entrevistadas 10 mil pessoas abrangendo todas as nações participantes. No Brasil, foram ouvidas 934 pessoas, porta-a-porta, em 70 grandes áreas metropolitanas de todo o País no período de 20 de fevereiro a 12 de março de 2012.

Nove hackers são presos por fraude bancária no Brasil

Nove hackers foram detidos nesta terça-feira (14/02), pela polícia civil do Mato Grosso, acusados de fraudes contra correntistas do Banco do Brasil. De acordo com comunicado do órgão, foi cumprido mandado de prisão temporária, que tem duração de cinco dias, e 13 ordens de busca e apreensão em cinco Estados. A operação foi denominada Orion.

 

Pelas informações, os  crimes foram praticados por meio do internet banking e afetaram clientes de cinco regiões.  Os presos estão envolvidos em crimes de furto qualificado mediante fraude, formação de quadrilha, interceptação telemática ilegal (Artigo 10, Lei 9.296/96), violação de sigilo bancário (LC 105/2001).

As investigações iniciaram há oito meses pela Gerência de Combate aos Crimes de Alta Tecnologia (Gecat). A equipe da delegada da Gecat, Maria Alice Barros Martins Amorim, chegou até um aplicativo, desenvolvido por um hacker, capaz de furtar dados de correntistas do Banco do Brasil, boa parte por e-mail, com técnica de phishing, com o uso de página falsa do banco.

 

O Brasil registrou pouco mais de cem mil incidentes de segurança na internet no terceiro trimestre de 2011, de acordo com o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br). O número corresponde a uma queda de 21% em relação ao trimestre anterior, mas a um aumento de 152% em relação ao mesmo trimestre de 2010.

 

A pesquisa aponta que as notificações relacionadas a tentativas de fraudes apresentaram um aumento de 3% em relação ao segundo trimestre e um aumento de 35% em relação ao mesmo período de 2010. Ocorreu um aumento de 16% no número de notificações de páginas falsas de bancos e de sítios de comércio eletrônico (phishing clássico) em relação ao trimestre anterior. No entanto, essa categoria sofreu um aumento de 45% em relação ao terceiro trimestre de 2010.

 

Operação

A operação “Orion”, que significa “O Grande Caçador”, foi desencadeada em Cuiabá pela Gerência de Combate aos Crimes de Alta Tecnologia (Gecat), da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Mato Grosso, e nos Estados do Rio Janeiro, São Paulo, Bahia e Ceará, com o apoio da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco), Polícia Civil dos Estados de São Paulo, Bahia e Ceará.

 

 

Para a operação, foram mobilizados mais de 100 policiais civis, entre delegados, investigadores e escrivães, dos cinco estados com mandados de prisão e busca e apreensão decretados. As ordens de buscas são acompanhadas por peritos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Mato Grosso.

 

Anonymous

 

 

Na última semana, um autointulado braço do grupo Anonymous no Brasil promoveu ataques a diversos bancos nacionais, entre eles o Banco do Brasil, HSBC e Bradesco, com o intuito de tirar as páginas do ar. O objetivo, explicou o grupo, era alertar a população sobre a corrupção no Brasil.