Posts Tagged ‘home office’

Notebooks novos e seminovos à venda, consulte disponibilidade.

Notebook HP 14-AC121-BR, Intel Core i7 6500U 2.5Ghz até 3.1Ghz, Memória 8GB, HD 1TB, Placa de vídeo Integrada com tecnologia Intel® HD Graphics 520, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador HP, Bateria 6 células de longa duração, Aparelho Novo, sem caixa, carregador original, Windows 7, Pacote Office e possui 1 ano de garantia.
Preço: R$2.699,00*

.

Notebook Acer E5-571G 72V0, Intel Core i7 4510U 2.0Ghz até 3.1GHz, Memória 8GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicada GeForce 820 2GB, Tela LED 15.6”, Teclado numérico, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador Acer, Bateria 6 células de longa duração, Equipamento Novo, 1 Ano de Garantia.
Preço: R$2.699,00*

.

Notebook HP 14N050BR, Intel Core i7 4500U 1.8Ghz até 3.0GHz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicado AMD 8670M 2GB até 5GB, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Placa de som Integrada com DTS Sound+, Ethernet, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria de longa duração, Aparelho Seminovo, carregador original e possui 6 meses de garantia.
Preço: R$2.499,00*

.

Notebook Ultrafino CCE Ultra Thin T745, Intel Core i7 3517U 1.9Ghz até 3.0GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics 4000 até 1720MB, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 8.1, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Acompanha carregador original CCE, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook Dell Inspiron 15 P39F, Intel Core i5 5200U 2.7GHz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicado AMD R7 2GB, Tela LED 15.6″ Resolução HD (1366 x 768), Teclado Numérico, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$2.399,00*

.

HP Probook 440 G2, Intel Core i5 4210U 1.7Ghz até 2.7Ghz, 4GB memória, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics 4400, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria 6 células de longa duração, Aparelho seminovo, carregador original e possui 6 meses de garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook HP Pavilion 14-V061BR, Intel Core i5 4210U 1.7Ghz até 2.7GHz, memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel HD Graphics 4400, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook Asus X450L, Intel Core i5 4200U 1.6Ghz até 2.6GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Carregador Asus, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.499,00*

.

Notebook Lenovo G40-70, Intel Core i5 4200U 1.6Ghz até 2.6Ghz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Lenovo, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook Dell Vostro 3360, Intel Core i5 3337U 1.7Ghz até 2.7GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 13.3″ Resolução HD (1366 x 768), Leitor de cartões, Leitor biométrico, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook Samsung NP300E4C, Intel Core i5 3210M 2.5Ghz até 3.1GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Samsung, Bateria 6 células de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço:R$1.499,00*

.

Notebook Lenovo Thinkpad Edge 420, Intel Core i5 2410M 2.3Ghz até 2.9GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo AMD Radeon HD 6630M com 1GB DDR3, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Lenovo, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook SpaceBR, Intel Core i5 2410M 2.9GHz, Memória 8GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel HD Graphics 4000, Gravador de DVD, Leitor de cartões, Tela LED 14″, USB, VGA, HDMI, Wireless, Ethernet, Webcam, Equipamento Seminovo sem avarias, Carregador original, Bateria de longa duração, Windows 7, Pacote Office, 6 Meses de garantia.
Preço: R$1.199,00*

.

Notebook Dell Inspiron i14-3421-A10, Intel Core i3 3217U 1.8Ghz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4400 de 1GB compartilhado, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.299,00*

.

Notebook Dell Inspiron i14-2620, Intel Core i3 2375M 1.5GHz, Memória 4GB, HD 750GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Carregador Dell, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.199,00*

——————————

Notebook Acer Aspire E1 421, AMD E-300 APU 1.30Ghz, Memória 8GB, HD 500GB, Placa de vídeo AMD Radeon HD 6310 Graphics, Gravador de DVD, leitor de cartões, Tela LED 14″, USB, VGA, HDMI, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador original, Bateria durando cerca de 2h00min, Equipamento seminovo mas muito bem conservado, Garantia de 3 meses.
R$899,00 à vista.

.

Notebook Dell Inspiron 14R N4110, Intel Core i7 2640M 2.8Ghz até 3.5Ghz, 6GB memória, HD 640GB, Leitor de blu-ray disc, Gravador de DVD, Wirelles, Bluetooth, Placa de vídeo AMD Radeon HD 7400M Series, Placa de vídeo Intel HD Graphics 3000, Tela LED 14″, USB, VGA, Leitor de cartões, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador original, Bateria não segura muito tempo de carga, Garantia de 3 meses.
R$1.799,00 à vista.

——————————

Apple Macbook Air A1466, Tela LED de 13.3″, Intel Core i5 1.8Ghz com Turbo Boost 2.8Ghz, 4GB LPDDR3, SSD 128GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000 1536MB, Wifi, Bluetooth 4.0, Porta Thunderbolt (até 10 Gbps), Câmera FaceTime HD, HDMI, carregador original, Bateria 295 ciclos durando cerca de 6h00min, modelo de 2012, OS X El Capitan, Garantia de 6 meses.
R$3.499,00

.

(31)3622-3322
(31)98201-9641 Claro
(31)98839-0991 Oi e WhatsApp
http://www.facebook.com/statecnologia
http://www.santatecnologia.com

Anúncios

Dupla cria curso para quem deseja fazer home office

Escritores Marina e André Brik ensinam dicas e estratégias para aproveitar o trabalho em casa

O home office não é um tipo de trabalho que agrada a todo mundo (Foto: Reprodução)

Desde 2006, o casal Marina e André Brik lida com o tema home office. Além dos vários livros que têm publicados sobre o assunto, os autores comandam o site GoHome, no qual dão várias dicas sobre o trabalho em casa.

As dúvidas dos leitores das plataforma online e das publicações eram tantas que a dupla decidiu montar um curso sobre home office.

“Vimos que aumentou muito a procura por atividades para trabalhar home office e também de dicas para montar o próprio negócio em casa. Resolvemos perguntar para nosso público quais eram suas principais dúvidas e dificuldades no home office. Houve muita participação, insights valiosos”, afirma André Brik.

Serão abordadas, através de vídeo, questões como clientes, como começar, rotina, família e dinheiro. Os escritores se aprofundarão nos temas ao longo das aulas, trazendo à tona tópicos sobre opções de trabalho, divulgação de serviços e produtos, hábitos produtivos, preconceito e gastos.

O curso estará disponível a partir do dia 4 de fevereiro no site GoHome.

Fonte: http://revistapegn.globo.com/

Saiba como ganhar produtividade no home office

Profissionais com experiência em trabalho remoto recomendam disciplina para que as tarefas sejam feitas no prazo

Trabalho remoto

 

Os dias presos entre as quatro paredes do escritório estão se tornando menos comuns. Até mesmo profissionais que trabalham em empresas tradicionais atualmente têm a possibilidade de realizar tarefas de casa com a ajuda da tecnologia.

A flexibilidade é boa, mas, por outro lado, as atividades do trabalho podem competir com filhos, televisão, sono e outros confortos (e distrações) que só um lar tem. Para ajudar os profissionais a manterem uma boa produtividade em casa, entrevistamos alguns especialistas no assunto que deram dicas pessoais para assegurar a disciplina. Confira!

– Faça uma lista de tarefas assim que acordar. Estabeleça prioridades e tempo para cada atividade e, obviamente, cumpra a risca.

– Tenha um espaço de trabalho com porta. É difícil produzir com crianças ou TV por perto. Além disso, qualquer barulho que não represente um ambiente de trabalho convencional pode dar má impressão ao telefone.

– Mesmo que você seja o único em casa, tente ouvir música apenas pelos fones de ouvido. Isso ajuda a esquecer os outros barulhos e a focar na tarefa que está sendo feita.

– Se tiver filhos, deixe uma caixa com brinquedos, jogos e livros, que ele só poderá usar quando você estiver ao telefone. Use essa tática somente em momentos especiais (telefone ou conferência), assim a criança se mantém ocupada.

– Mesmo se você for trabalhar em casa, se vista como se estivesse indo ao escritório e mantenha uma rotina. Acorde cedo, tome banho e troque de roupa.

– Não almoce no seu ambiente de trabalho. Use esse tempo para falar com outras pessoas e descansar. Se não fizer isso, o trabalho de casa pode se tornar algo constante e sem pausas.

– Saiba em que momento do dia você é mais produtivo. Se você trabalha melhor de madrugada, deixe para fazer as coisas nesse horário e preencha os outros períodos com atividades pessoais.

– Prenda-se à sua cadeira. Existem muitas distrações em casa, portanto, é importante passar a mesma quantidade de horas que você trabalha no escritório, em casa.

– Una as tarefas similares. Por exemplo, se você precisa fazer três ligações diferentes, faça uma seguida da outra, então parta para os emails que precisa mandar, textos que precisa escrever, reuniões e etc. Também deixe um período reservado para checar as redes sociais.

– Divida seu dia em três grandes tarefas a serem desempenhadas e faça pausas entre uma e outra.

– Uma outra dica é diversificar o local de trabalho. Cafés sempre são uma boa alternativa, pois oferecem um ambiente agradável, têm comida e bebida a qualquer hora e, na maioria dos lugares, têm acesso a Wi-Fi.

– Imagine que as pessoas ao seu redor são clientes em potencial e estão lá para julgar o seus hábitos de trabalho. Pode parecer meio estranho, mas a possível pressão fará você trabalhar ainda mais.

– Volte sempre para a mesma mesa, assim vai parecer que você está indo para o escritório.

– Conheça o dono da cafeteria que você frequenta. Converse com ele, saiba sua história e nome. Ele provavelmente conhece seus clientes e se você for um freelancer, pode conseguir boas dicas de trabalho.

– Deixe seu carregador do computador em casa, assim você se força a terminar o serviço antes de o notebook/tablet desligar. Isso vai te dar ânimo.

– Tente sentar de frente para uma parede e procure uma cafeteria em uma rua calma. Também peça pouca bebida para evitar as idas ao banheiro.

– Se você for desenvolver algo que não precise de acesso à internet, não vá a uma cafeteria que tenha Wi-Fi. É mais fácil de você terminar o trabalho sem a distração de emails e sites.

Empresas apostam no Home Office

Saiba com implementar esse sistema sem problemas com as leis trabalhistas

O Home Office vem sendo cada vez mais utilizado pelas empresas. Sem precisar encarar o trânsito e trabalhar com o conforto de casa, essa é uma boa alternativa para empregadores e funcionários. Mas a legislação brasileira tem poucas normas sobre esse sistema de trabalho, havendo somente a regulamentação do trabalho em domicílio pela CLT (artigo 6º). “O Home Office contempla muito o trabalho intelectual e não por tarefa, como era comum na época da edição da CLT, bem como a questão de controle de jornada, segurança e medicina do trabalho”, explica a advogada trabalhista Dra. Maria Lúcia Benhame.

A implantação de Home Office deve ser cuidadosa, a empresa deve assegurar todos os direitos do funcionário e a alteração tem que constar no contrato de trabalho, com uma ratificação das normas que foram mantidas. “A empresa tem que oferecer de todas as ferramentas necessárias para o trabalho, como computador, internet, telefone e o que mais for necessário. E o funcionário tem que cumprir a jornada e as tarefas normais de trabalho, como faria se estivesse na empresa”, ressalta a advogada.

Confira algumas dicas da Dra. Maria Lúcia para não ter dor de cabeça na hora de implementar o sistema de Home Office:

• A implantação de home office deve ser cuidadosa, pois a única regulamentação existente é o trabalho em domicilio previsto na CLT.

• O trabalho em domicílio é previsto no artigo 6 º da CLT, que somente o descreve, aplicando-se todas as regras celetistas referentes ao contrato de trabalho. Assim, todos os capítulos da CLT aplicam-se a esse tipo de trabalho, desde que presentes os requisitos, pelo que aplica-se o capítulo relativo à jornada de trabalho.

• Primeiramente, para que tal alteração não seja prejudicial ao empregado, o que é vedado por lei (art 468 da CLT), nenhum custo deve ser arcado pelo empregado.

• O trabalho em domicílio é previsto no artigo 6 º da CLT, que somente o descreve, aplicando-se todas as regras celetistas referentes ao contrato de trabalho.Assim, todos os capítulos da CLT aplicam-se a esse tipo de trabalho.

• É necessária uma regulamentação no aditamento contratual das despesas que serão de responsabilidade da empregador e forma de custeio- indenização ou custeio direto, sendo este último mais aconselhável.

• A empresa deve assegurar todos os direitos do funcionário, como parte médica, orientação de segurança e medicina do trabalho, fornecimento de móveis ergonomicamente adequados a função, pagamento de jornada e horas extras e cumprimento de normas coletivas. E, se for o caso, indenização das despesas com o uso da residência para funcionamento do Home Office.

• A empresa deve fornecer todas as ferramentas que possibilitem o correto desenvolvimento do trabalho – notebook ou PC impressora, fax, material de escritório.

• Preocupação com condições de segurança e medicina do trabalho com eventual fornecimento de mobiliário para o trabalho, ou no mínimo treinamento documentado de forma de trabalho com respeito às condições de ergonomia.

* Dra. Maria Lúcia Benhame  é advogada formada em 1987 na Faculdade de Direto da USP, com pós-graduação latu-sensu em Direito do Trabalho, pela mesma Faculdade. Atua na área de assessoria jurídica empresarial como advogada desde 1988, é sócia do escritório Benhame Sociedade de Advogados atuando em assessoria empresarial nas áreas de Direito do Trabalho e Recursos Humanos e Contratual, sendo sócia responsável pela área de Direto do Trabalho, Contratual e Recursos Humanos. Assessora empresas de vários portes com maior incidência na área industrial. Membro da Câmara Americana de São Paulo, é vice-presidente do Comitê Estratégico de Trabalho. Membro da Comissão da Comissão de Direito Civil da OAB SP.

 

Trabalho a distância: nove dicas para aumentar a produtividade

Especialista ensina como, a partir de mudanças simples, os profissionais podem tirar os melhores resultados do home office

home office

Um número crescente de profissionais troca o ambiente do escritório pelo chamado home office (trabalho em casa). Os benefícios são muitos, entre eles, a possibilidade de fugir do trânsito, ter um horário mais flexível e conseguir passar mais tempo com a família. No entanto, Nellie Akalp, CEO da CorpNet.com – consultoria que ajuda pequenas empresas e empreendedores – alerta que essa modalidade exige cuidados, em especial, para garantir a produtividade dos profissionais.

Em artigo para o Mashable, Nellie dá nove dicas para os profissionais que trabalham em casa, com o intuito de ajudá-los a não perder a produtividade e, assim, só tirar os benefícios do home office:

Dica 1: Respeite seu tempo
“Quando você trabalha no escritório, a família e os amigos respeitam, naturalmente, seus horários. Mas quando você está trabalhando de casa, inevitalmente, receberá ligações [pessoais] às 11 horas da manhã ou terá de lidar com problemas cotidianos”, alerta a especialista. Segundo ela, para evitar que isso interfira na produtividade do trabalho, é importante estabelecer alguns limites e, principalmente, respeitar uma agenda de compromissos diários profissionais.

Dica 2: Imponha limites de tempo para tarefas específicas
Nellie destaca que, em casa, é fácil perder o foco e se distrair, em especial, se a tarefa for desafiadora ou chata. Quando o profissional percebe que isso está acontecendo, ela sugere que ele estabeleça que gastará apenas mais 15 minutos naquela atividade. “Saber que uma ação está chegando ao fim injeta uma nova energia ao projeto. Se não, mude para algo diferente e retorne quando você estiver mais disposto”, pontua.

Dica 3: Estabeleça bem os prazos
“Você fica ultra produtivo quando a tarefa tem um prazo apertado, mas pode levar horas para finalizar uma simples ação?”, questiona a CEO da Corpnet.com. Se a resposta a pergunta for ‘sim’, isso significa que o profissional trabalha melhor sob pressão e, portanto, precisa estabelecer prazos curtos para entrega de todas as suas atividades.

Dica 4: Desconecte-se por algumas horas
O mundo digital oferece uma série de distrações. Além das redes sociais, os e-mails e os sistemas de mensagens instantâneas acabam consumindo boa parte das horas diárias, sem que os profissionais percebam. Assim, Nellie sugere que as pessoas que trabalham de forma remota desliguem o telefone e todos os recursos de comunicação durante algumas horas para se dedicar exclusivamente ao trabalho.

Dica 5: Estabeleça uma área de trabalho
Quando se fala em home office, o ideal é ter em casa uma área dedicada ao ‘escritório’ e que, de preferência, tenha uma porta que possa ser fechada para evitar distrações. “Criar limites não só ajuda a ser mais produtivo no trabalho, mas também permite desligar-se durante as horas de lazer”, pontua.

Dica 6: Mude de ambiente
“Se você acha que um trabalho não está fluindo, mude de ambiente”, ressalta a especialista. “Vá trabalhar em uma cafeteria por uma hora ou faça um ‘brainstorm’ no parque”, acrescenta. Segundo ela, essa mudança de cenário favorece novas ideais e traz mais inspiração.

Dica 7: Faça uma auditoria de tempo
Para quem trabalha sem uma pressão por horários específicos, é importante saber como, exatamente, foi gasto o tempo de trabalho. Ao realizar uma auditoria de quantas horas foram gastas para cada atividade, o profissional consegue perceber como ele pode ser mais produtivo, ao fazer pequenos ajustes no cotidiano.

Segundo Nellie, soluções simples, como reduzir as idas diárias ao supermercado ou buscar novos formatos de comunicação com os clientes, podem fazer bastante diferença nas horas trabalhadas no final do mês.

Dica 8: Crie uma lista de tarefas

A CEO conta que o ideal é montar uma lista de tarefas que precisam ser entregues no dia, na semana e no mês. Assim, antes de começar a rotina de trabalho, o profissional pode checar suas obrigações e estabelecer os objetivos diários. “Tente manter sua lista o mais realista e organizada possível. Nada pode roubar mais sua motivação do que se deparar com tarefas ambiciosas e que são impossíveis de cumprir”, explica.

Dica 9: Controle as paradas de trabalho
Quando as pessoas trabalham em casa ou no escritório é praticamente impossível ficar focado no trabalho por horas a fio. As paradas são algo necessário. No entanto, quem atua em home office deve administrar esse tempo livre para evitar que ele prejudique a vida profissional e pessoal.

O segredo está em equilibrar o tempo necessário para entregar as tarefas profissionais com atividades que ajudem a repor energias, como passear com o cachorro, almoçar com um amigo, entre outras. “Você não só ficará mais feliz, como mais produtivo também”, conclui.

35% dos profissionais abririam mão de 10% do salário para trabalhar remotamente

home office

A evolução da tecnologia permite hoje que as pessoas estejam conectadas em, praticamente, qualquer lugar do planeta. Como reflexo, cresce uma demanda dos profissionais trabalharem mais tempo fora das empresas, com o objetivo de equilibrar melhor o tempo para atividades pessoais e profissionais.

Um estudo realizado pela Dice, empresa norte-americana de recrutamento de profissionais de TI, apontou que entre as pessoas que atuam na área de tecnologia, 35% delas abririam mão de até 10% do salário em troca da flexibilidade de poder trabalhar remotamente.

A Dice destacou que os números ficaram praticamente iguais aos obtidos com uma pesquisa do mesmo gênero, realizada há cerca de três anos. O que reflete que essa não é uma condição nova para os profissionais de TI e, sim, um antigo anseio de parte da categoria.

A consultoria aponta, no entanto, que a quantidade de empresas que permitem o trabalho remoto é bastante pequena nos Estados Unidos. Entre as vagas divulgadas atualmente pela Dice, só 1% delas permite essa modalidade, o que reflete uma relutância das organizações.

“Nós acreditamos que os benefícios do trabalho remote ultrapassam os riscos”, avalia Alice Hill, diretora da Dice, acrescentando: “as companhias que quiserem fazer parte do futuro deveriam ser sábias para deixar os acordos inflexíveis de trabalho no passado.”