Posts Tagged ‘ferramenta’

Big Data movimenta mercado de TI e empresas do setor

O volume de informações no setor de tecnologia tem aumentado em velocidade espantosa. Segundo a IBM, em 2008 foram produzidos cerca de dois quintilhões de bytes todos os dias e 90% dos dados no mundo foram criados nos últimos dois anos. O aumento desmedido de informações pode ser associado ao crescimento de empresas na internet como, por exemplo, as redes sociais e os sites de e-commerce. Diante dessa tendência tecnológica, as empresas encontraram no Big Data, ou “grandes informações”, a oportunidade de deter dados críveis estratégicos para os negócios. Estima-se que este mercado chegue a US$ 38 bilhões em 2015.

De olho neste nicho, grandes empresas da área de tecnologia estão investindo para atender à demanda. A Ledcorp criou a plataforma Anywhere Smart BI, em 2013. A ferramenta, voltada para o ambiente corporativo, é capaz de gerenciar informações atendendo as necessidades das empresas. “O Anywhere Smart BI produz o processo tecnológico de coleta, de organização, de análise, de compartilhamento e de monitoramento de informações que oferece suporte à gestão de negócios. Uma característica importante do produto é o módulo de inteligência artificial, que analisa o comportamento dos dados e gera um grande volume de informações de tendência futura. Com esses dados, é possível alcançar agilidade na identificação dos processos empresariais e definir quais as melhores alternativas a serem aplicadas, como a diminuição do tempo de resposta e a eficácia na tomada de decisão”, explica o diretor de tecnologia da empresa, José Lúcio Balbi de Mello.

Segundo Balbi, durante todo o tempo em que acessamos informações na internet estamos sendo “vigiados”. Ao abrir um site ou realizar uma busca, ficam registras nossas preferências, características e hábitos. As empresas que captam e analisam essas informações em tempo real possuem um diferencial competitivo significativo em relação aos seus concorrentes pelo fato de conhecerem e atenderem às necessidades dos seus clientes de forma muito mais rápida. Esses dados gerados correspondem ao Big Data, que podem ser analisados e armazenados por empresas interessadas em identificar o perfil do seu cliente, aprimorar seus produtos e meios de divulgação ou tomar decisões nos negócios. Atualmente, o mercado de Big Data já movimenta US$ 26 bilhões em todo o mundo.

“A ferramenta representa três Vs – volume, variedade e velocidade. O recurso é capaz de analisar grandes quantidades de informações e de transformá-las em dados para as empresas. O termo Big Data é antigo, teoricamente inaugurado pela Nasa, no final da década de 90. Nos Estados Unidos, a ferramenta virou febre há pelo menos três anos e agora já apresenta respaldos no Brasil”, conta Mello.

Ainda mais ampla que a captura de dados do Big Data é a possibilidade de utilização. O sistema gera inúmeros benefícios, não ficando restrito ao processo de informações para comercialização, como dados de aspectos sociais e econômicos. Mello explica que a ferramenta apresenta ascensão mercadológica e é uma tendência que deve pendurar por muitos anos. “Com esta ferramenta, os computadores conseguem contar e qualificar infinitas informações, o que pode ser utilizado como um catálogo de dados. O Big Data pode ajudar empresas em diferentes setores, como nas políticas de governo, em gestão de empresas e até na seleção de investimentos. Um exemplo é representado no filme “O homem que virou o jogo”, baseado em fatos reais. O time de beisebol é selecionado com base na análise estatística dos jogadores, ou seja, o Big Data”, conta.

Via Zoom Comunicação.

Anúncios

Skype lança recurso de mensagem por vídeo

Conteúdos devem ter, no máximo, três minutos de duração

Skype

 

Prestes a agrupar os migrantes do Windows Live Messenger, o Skype recebeu um upgrade na última sexta-feira, 15.

Usuários de alguns países, entre eles EUA e Reino Unido, agora podem enviar mensagens em vídeos com até três minutos, diferentemente da videoconferência.

Em testes, a nova ferramenta será disponibilizada em breve para toda a base. Podem fazer uso da novidade por enquanto apenas os que têm a versão mais recente do comunicador para Mac, Android e iOS.

A Microsoft não explicou por que deixou Windows e Linux de fora do período inicial. Ao site All Things Digital, limitou-se a informar que o recurso será disponibilizado para seu sistema operacional até abril, mas não tem previsão para liberá-lo aos usuários de Linux.

Migração

Os usuários brasileiros do Live Messenger que quiserem migrar para o Skype ganharão um tempinho a mais em comparação ao resto do mundo. A Microsoft anunciou na sexta-feira que as pessoas que usam o programa em ‘português brasileiro’ serão as últimas a realizar a tarefa.

Em post no blog oficial do serviço, empresa informa que o processo de migração forçada começará no dia 8 de abril para os clientes em inglês e deverá levar algumas semanas para ser concluído, até se encerrar com os clientes brasileiros em 30 de abril, mas esta data ainda pode mudar para mais tarde, como afirma a companhia. O único país onde a migração não será obrigatória será a China.

Eduardo Popovici: Criando uma GPO que replica configurações de proxy para estações de trabalho.

Documento: Tutorial
Objetivo: Criação de GPO para replicação de endereço de proxy
Organização: Redes com Active Directory Microsoft
SO – Servidor: Server 2003 / 2008
Autor: Eduardo Popovici

Muitos de nós administradores já precisou mudar endereços de proxy de muitas maquinas ao mesmo tempo, e quando existe um domínio configurado, nossa tarefa é simplificada imensamente.

O primeiro passo é pensar do forma inteligente, lembrando que a mudança não ocorre em segundos. Existe um tempo para a replicação com diversas técnicas aplicáveis facilitando a transparência para o usuário.

Você pode criar uma configuração através de seu DNS interno que aponte para as configurações de proxy, depois criar a GPO que faz as estações apontarem para um nome específico e uma porta, basta agora alterar o DNS e a replicação vai ocorrendo em dose homeopáticas.

Porém isso exige que o proxy antigo e o novo estejam atuando ao mesmo tempo, para que as estações se adequem aos poucos.

É possível ainda fazer a troca de forma mais agressiva, desligando o servidor antigo e ligando o novo com as mesmas características de IP e nome, mas ocorrerá uma parada temporária nos serviços, e dependendo da empresa, não é possível posicionar sua equipe de TI fora do horário de trabalho.

Nesse caso, vai de você Adm de Redes elaborar, justificar e validar táticas operacionais e custo de cada tipo de ação, porém posso ajudar com o básico que é criar e configurar a GPO para mudança do proxy na rede.

************************* Mão na massa! *************************

1) Acesse seu servidor e digite no executar o comando dsa.msc (isso irá carregar a ferramenta necessária para visualizar os objetos do AD);

dsa.msc

2) Clique com o botão direito no domínio e em seguida clique em propriedades;

Usuários e Configurações do Active Directory

3) Escolha a guia que representa as politicas de grupo (Group Policy) e em seguida clique no botão Open;

Group Policy – GPO

4) Escolha em que local do seu domínio será aplicada a politica. Lembre-se que essa regra pode ser válida para uma OU, um usuário ou para o domínio inteiro (cuidado com usuários sistêmicos que representam serviços, servidores ou equipamentos que não devem passar pelo proxy – Ex. Microsiga, impressoras, etc)

5) Feito a escolha, clique com o botão direito na OU e em seguida em Create and Link a GPO Here;

Create and Link a GPO Here

6) Coloque um nome para a GPO (geralmente o nome tem que ser relacionado com o que se esta fazendo, se a GPO for para proxy, digite regra_proxy, se for para o WSUS digite regra_wsus #FICADICA);

New Group Policy Object

7) Depois de nomear a politica, podemos visualizar as características dela pela guia Settings. Como estamos configurando do zero, não terá nenhuma informação, porém caso precise conhecer uma politica já em atividade, essa guia ajuda muito;

Settings – GPO
8) Clique com o botão direito na GPO que você criou e em seguida clique em Edit, para podermos mudar as configurações atuais. Fazendo isso será apresentado a tela abaixo;
Edit GPO – AD
9) Expanda as opções da Configuração de Usuário e depois Configurações do Windows. Agora expanda Manutenção do Internet Explorer e selecione a pasta de Conexão. Do lado direito da tela, deve aparecer pelo menos 04 opções, sendo uma delas a que iremos configurar.
De um duplo click em configurações de proxy e será possível digitar o IP e porta de seu proxy ativo.
Proxy e portas
10) Agora é só pressionar o ok e sair do console, lembrando que a politica será aplicada e seus usuários irão precisar efetuar logoff e logon para que funcione. Por algum tipo de configuração local em alguns equipamentos, foi necessário reiniciar o sistema da estação, não bastando apenas o logoff.
O comando gpupdate /force também pode ser muito útil nesses casos. Vale a pena considerar o uso…
Bom… acho que por enquanto é só… espero ter ajudado.
Grande abraço e muito sucesso a todos da área.
Att
Eduardo Popovici

Começaram os testes para o bandalarga.0800.br

80 pessoas selecionadas poderão acessar a internet gratuitamente durante 15 dias. Entenda como vai funcionar o projeto-piloto

Tablets Brasileiros

Começaram neste sábado (14/07) na cidade de São Sebastião (Distrito Federal) os testes para a implantação do projeto-piloto de banda larga 0800. O serviço de internet “a cobrar”, nos moldes do sistema telefônico 0800, fará com que o destinatário da conexão pague para o usuário se conectar.

As operadoras Oi, Tim, Claro e Vivo, parceiras do Ministério das Comunicações no projeto, distribuíram 20 smartphones cada uma a 80 pessoas selecionadas pelo Governo do Distrito Federal. Durante 15 dias, essas pessoas poderão acessar gratuitamente a página desenvolvida pela Secretaria de Telecomunicações, que vai apresentar notícias e informações de utilidade pública.

Segundo Maximiliano Martinhão, secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, as 80 pessoas escolhidas refletem a população brasileira, por isso, estão no grupo pessoas de diferentes características de escolaridade, idade e ocupação. Um dos selecionados é a jovem Isabella Vieira da Silva, estudante com deficiência auditiva que declarou “estar ansiosa e satisfeita por participar do grupo de testes e poder explorar a internet com um celular tão avançado gratuitamente.”
De acordo com o MiniCom, os smartphones pré-pagos distribuídos são de última geração e estão programados para não realizar a cobrança do acesso ao site, a fim de testar a ferramenta 0800. A página desenvolvida pelo MiniCom poderá ser acessada por qualquer pessoa, mas apenas os participantes do teste não serão cobrados.

A diretora do Departamento de Serviços de Universalização de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Miriam Wimmer,  acredita que implementar o banda larga 0800 em todo o país “dependerá do interesse de empresas privadas e órgãos públicos que queiram contratá-lo”. Segundo a diretora, algumas empresas já manifestaram interesse em participar, mas só depois do período de testes poderão ter uma visão melhor de todo o processo de funcionamento e aceitação da nova tecnologia.

Google+ permite que você faça transmissões ao vivo para o mundo inteiro

Rede social começa a disponibilizar, a partir desta segunda-feira (07/05), o Hangouts On Air, serviço de streaming ao vivo

Hangouts On Air
A equipe do Google+anunciou nesta segunda-feira (07/05) que tem novidades no Hangouts, seu serviço de videoconferência dentro da rede social. Segundo o blog da companhia, a partir de hoje, usuários poderão transmitir seus vídeos ao vivo para toda a web através da ferramenta chamada de Hangouts On Air.

Antes de começar um Hangout, marque a opção “Ativar Hangouts On Air” e, depois, basta ativar a novidade clicando no botão “Iniciar transmissão”. A partir daí, o vídeo será transmitido ao vivo, via perfil do Google+ ou canal no YouTube. Além disso, é possível embedar a transmissão em qualquer site ou blog.

A rede social ainda disponibiliza um recurso que permite que, durante a transmissão, você veja quantas pessoas estão te assistindo, e ainda grave ou compartilhe o vídeo com quem não pode acompanhá-lo. Ao terminar a sessão, o YouTube faz o upload automático da gravação para o seu canal no YouTube e posta o vídeo no seu perfil do Google+.

Veja abaixo um vídeo que mostra como a novidade vai funcionar.