Posts Tagged ‘diz’

Microsoft lança site com informações próprias

 

(Foto: Microsoft)

“Algumas vezes números são mais eficientes para contar uma história do que palavras”, diz o blog da Microsoft. Para seguir a filosofia, a companhia lançou, nesta segunda-feira, 12, um site para mostrar diversas estatísticas de seu universo.

O site informa, por exemplo, que já foram vendidas mais de 100 mil licenças para Windows 8; que os usuários do Skype gastam cerca de 2 bilhões de minutos por dia no serviço; e até que os funcionários da Microsoft comem aproximadamente 554 mil pedaços de pizza por ano.

A página apresenta interface semelhante à do Windows 8 e traz mais uma série de números curiosos. A empresa promete atualização frequentemente.

 

Anúncios

Operadora deve trabalhar em tecnologia 5G

Rumores indicam que a quinta geração pode entrar em funcionamento em 2014

5G

 

A telefonia de quarta geração ainda engatinha no Brasil, mas em outras partes do mundo o 4G já nem é mais a tecnologia top do setor. Há indicações, por exemplo, de que a T-Mobile trabalha no desenvolvimento do 5G LTE.

As velocidades de download e upload ficariam na casa dos 300 Mbps, segundo o Digital Trends. As conexões 4G LTE testadas atualmente dão conta de um terço disso, mas raramente chegam à capacidade total, ficando em cerca de 50 Mbps.

Há quem diga que o 5G se tornará padrão já em 2014. Se isso acontecer, downloads com taxa de 1 Gbps se tornariam algo regular, diz o Digital Trends.

Infraestrutura de Chaves Públicas tem como objetivo trazer segurança, diz especialista

Thaís Sabatini Thaís Sabatini

Infraestrutura de Chaves Públicas tem como objetivo trazer segurança, diz especialista

Muitos profissionais já se depararam com a necessidade de ter uma Infraestrutura de Chaves Públicas (ICP), porém apesar de ser uma ferramenta muito poderosa, ainda existem algumas dúvidas sobre o que ela provê e qual sua vantagem. Durante a palestra “Certificação Eletrônica: uma ferramenta poderosa, não uma varinha”, que foi dada durante o XXII Encontro GeneXus, que ocorre entre os dias 12 e 14 de setembro, em Montevidéu, Uruguai, o especialista Guillermo Dotta, da Deloitte, tirou algumas das principais dúvidas em relação ao termo.

Segundo ele, o objetivo do ICP é distribuir chaves públicas para medir a confiança e credibilidade dos certificados digitais. De forma geral, no Brasil, tem como função definir um conjunto de técnicas, práticas e procedimentos que as empresas e entidades devem adotar para estabelecer um sistema de certificação digital.

Um dos benefícios abordados por Dotta é o aumento na segurança das informações que trafegam pela internet ao criptografar os dados armazenados. Outra vantagem importante é a possibilidade de descobrir posts feitos na web por meio de um documento, que vale como uma identidade aos usuários.

Foi citada ainda a restrição de acesso a aplicativos, que é feita por meio de uma senha, além de informar as garantias de segurança aos visitantes do site ou aplicação.

No Brasil, qualquer um pode obter essa certificação por meio de uma Autoridade de Registro (AR), que é concedida pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação.

*A jornalista viajou ao Uruguai a convite da Artech