Posts Tagged ‘consumidores’

Notebooks novos e seminovos à venda, consulte disponibilidade.

Notebook HP 14-AC121-BR, Intel Core i7 6500U 2.5Ghz até 3.1Ghz, Memória 8GB, HD 1TB, Placa de vídeo Integrada com tecnologia Intel® HD Graphics 520, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador HP, Bateria 6 células de longa duração, Aparelho Novo, sem caixa, carregador original, Windows 7, Pacote Office e possui 1 ano de garantia.
Preço: R$2.699,00*

.

Notebook Acer E5-571G 72V0, Intel Core i7 4510U 2.0Ghz até 3.1GHz, Memória 8GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicada GeForce 820 2GB, Tela LED 15.6”, Teclado numérico, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador Acer, Bateria 6 células de longa duração, Equipamento Novo, 1 Ano de Garantia.
Preço: R$2.699,00*

.

Notebook HP 14N050BR, Intel Core i7 4500U 1.8Ghz até 3.0GHz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicado AMD 8670M 2GB até 5GB, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Placa de som Integrada com DTS Sound+, Ethernet, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria de longa duração, Aparelho Seminovo, carregador original e possui 6 meses de garantia.
Preço: R$2.499,00*

.

Notebook Ultrafino CCE Ultra Thin T745, Intel Core i7 3517U 1.9Ghz até 3.0GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics 4000 até 1720MB, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 8.1, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Acompanha carregador original CCE, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook Dell Inspiron 15 P39F, Intel Core i5 5200U 2.7GHz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo dedicado AMD R7 2GB, Tela LED 15.6″ Resolução HD (1366 x 768), Teclado Numérico, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$2.399,00*

.

HP Probook 440 G2, Intel Core i5 4210U 1.7Ghz até 2.7Ghz, 4GB memória, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics 4400, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria 6 células de longa duração, Aparelho seminovo, carregador original e possui 6 meses de garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook HP Pavilion 14-V061BR, Intel Core i5 4210U 1.7Ghz até 2.7GHz, memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel HD Graphics 4400, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador HP, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook Asus X450L, Intel Core i5 4200U 1.6Ghz até 2.6GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Carregador Asus, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.499,00*

.

Notebook Lenovo G40-70, Intel Core i5 4200U 1.6Ghz até 2.6Ghz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Lenovo, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.599,00*

.

Notebook Dell Vostro 3360, Intel Core i5 3337U 1.7Ghz até 2.7GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 13.3″ Resolução HD (1366 x 768), Leitor de cartões, Leitor biométrico, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook Samsung NP300E4C, Intel Core i5 3210M 2.5Ghz até 3.1GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Samsung, Bateria 6 células de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço:R$1.499,00*

.

Notebook Lenovo Thinkpad Edge 420, Intel Core i5 2410M 2.3Ghz até 2.9GHz, Memória 4GB, HD 500GB, Placa de vídeo AMD Radeon HD 6630M com 1GB DDR3, Tela LED 14″, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Lenovo, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.399,00*

.

Notebook SpaceBR, Intel Core i5 2410M 2.9GHz, Memória 8GB, HD 500GB, Placa de vídeo Intel HD Graphics 4000, Gravador de DVD, Leitor de cartões, Tela LED 14″, USB, VGA, HDMI, Wireless, Ethernet, Webcam, Equipamento Seminovo sem avarias, Carregador original, Bateria de longa duração, Windows 7, Pacote Office, 6 Meses de garantia.
Preço: R$1.199,00*

.

Notebook Dell Inspiron i14-3421-A10, Intel Core i3 3217U 1.8Ghz, Memória 4GB, HD 1TB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4400 de 1GB compartilhado, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth 4.0, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador Dell, Bateria de longa duração, Equipamento Seminovo sem avarias, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.299,00*

.

Notebook Dell Inspiron i14-2620, Intel Core i3 2375M 1.5GHz, Memória 4GB, HD 750GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000, Tela LED 14”, Gravador de DVD, Leitor de cartões, USB, VGA, HDMI, Wireless, Bluetooth, Ethernet Gigabit, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Bateria de longa duração, Aparelho seminovo sem avarias, amassados e danos, Carregador Dell, 6 Meses de Garantia.
Preço: R$1.199,00*

——————————

Notebook Acer Aspire E1 421, AMD E-300 APU 1.30Ghz, Memória 8GB, HD 500GB, Placa de vídeo AMD Radeon HD 6310 Graphics, Gravador de DVD, leitor de cartões, Tela LED 14″, USB, VGA, HDMI, Webcam, Windows 10, Pacote Office, Carregador original, Bateria durando cerca de 2h00min, Equipamento seminovo mas muito bem conservado, Garantia de 3 meses.
R$899,00 à vista.

.

Notebook Dell Inspiron 14R N4110, Intel Core i7 2640M 2.8Ghz até 3.5Ghz, 6GB memória, HD 640GB, Leitor de blu-ray disc, Gravador de DVD, Wirelles, Bluetooth, Placa de vídeo AMD Radeon HD 7400M Series, Placa de vídeo Intel HD Graphics 3000, Tela LED 14″, USB, VGA, Leitor de cartões, Webcam, Windows 7, Pacote Office, Carregador original, Bateria não segura muito tempo de carga, Garantia de 3 meses.
R$1.799,00 à vista.

——————————

Apple Macbook Air A1466, Tela LED de 13.3″, Intel Core i5 1.8Ghz com Turbo Boost 2.8Ghz, 4GB LPDDR3, SSD 128GB, Placa de vídeo Intel Graphics HD 4000 1536MB, Wifi, Bluetooth 4.0, Porta Thunderbolt (até 10 Gbps), Câmera FaceTime HD, HDMI, carregador original, Bateria 295 ciclos durando cerca de 6h00min, modelo de 2012, OS X El Capitan, Garantia de 6 meses.
R$3.499,00

.

(31)3622-3322
(31)98201-9641 Claro
(31)98839-0991 Oi e WhatsApp
http://www.facebook.com/statecnologia
http://www.santatecnologia.com

Anúncios

Apple tenta patentear palavra ‘startup’


Na Austrália, a Apple tenta patentear o uso da marca “startup”. O registro foi solicitado na última terça-feira, 27, em Sidney. Segundo o pedido, a empresa quer o direito exclusivo de usar o termo na maioria de seus produtos e serviços – como lojas, assistências técnicas e projetos de educação.

E não é a primeira vez que ela tenta possuir a palavra, normalmente utilizada para descrever empresas iniciantes. Em 2011, a Apple chinesa e a norte-americana também tentaram, mas não conseguiram patentear a palavra.

Agora, se a companhia da maçã vencer a batalha em Sidney, ela poderá estender o seu domínio sobre o termo em praticamente todos os países signatários do Protocolo de Madri. Não se sabe por que ela insiste tanto em obter a marca. A Wired especula que a empresa esteja tentando usar o termo para vender contratos diretos aos consumidores finais, excluindo o intermédio das operadoras.

O curioso é que a Apple é uma das maiores vítimas de um mercado paralelo que se criou por causa do excesso de patentes requeridas pelo mercado de tecnologia. Um levantamento revelou que há muita gente criando empresas de fachada só para reclamar patentes que teriam criado, e a Apple é o alvo principal (sabia mais aqui).

10 franquias para abrir com investimento de até R$ 10 mil

O mercado de franquias tem sido a chance que muita gente esperava para virar dono do próprio negócio. O apoio da franqueadora e o negócio testado estão entre as vantagens vistas pelos empreendedores. Mesmo quem não tem muito dinheiro para investir inicialmente encontra oportunidades. Hoje, existe um mercado que pode se encaixar nesse perfil: o das microfranquias, que custam até 10 mil reais.

Leia também:
Como as redes sociais podem ajudar os microempreendedores
Livros que te ensinam a ser um bom líder

Mas como fazer parte desse segmento? O jornalista e diretor de comunicação Luiz Rodrigues da empresa virtual Oficialize – plataforma on-line que realiza e oferece consultoria para abertura de empresas – esclarece algumas questões sobre empreededorismo. Aproveite e veja algumas opções de microfranquias.

 

O que é uma franquia?

 

Muitas pessoas associam apenas com redes de fast-food , mas existem mais de 100 tipos de franquia em todas as categorias. Basicamente, são licenças de empresas já constituídas – vendidas por aqueles que as criaram – exemplo a franquia Cacau Show.

 

Quem vende é o franqueador e quem compra e executa é o franqueado. Existem regras e diretrizes já estabelecidas pelo franqueador.

 

Como saber se realmente é um bom negócio para ser investido?

 

Um das melhores formas de analisar um mercado é ter acesso a quantidade de pessoas que buscam por determinado produto ou serviço num certo intervalo de tempo. É válido contratar empresas que fazem pesquisas de mercado, ou então, realizar um levantamento na internet.

 

Uma das vantagens de abrir uma franquia é aproveitar a imagem corporativa já estabelecida – a marca da empresa – pois os consumidores tendem a comprar mais de um nome familiar ou de uma empresa que confia.

 

É oferecido treinamento aos franqueados, e uma vez adquirido o modelo de negócio, o trabalho é concentrado na execução da empresa.

 

Quais são os pré-requisitos para poder abrir uma franquia?

 

Inicialmente é necessário ter possibilidade financeira para realizar um investimento, selecione o proprietário da franquia com que deseja trabalhar. Por exemplo, se quer abrir uma fast-food, você encontrará um número de franquias nacionais e internacionais como McDonalds ou Subway, pesquise com calma.

 

Agende uma entrevista com um representante do escritório central para descobrir quais são os requisitos. Além disso, peça dados estatísticos sobre as operações e retornos da franquia e descubra que tipo de treinamento, marketing e apoio que a representante da franquia pode oferecer-lhe.

 

Em seguida, revise todas as informações e coloque-as num plano de negócios. Certifique-se de que seu plano de negócio inclui os custos de investimento estimado e retornos projetados.

 

Conheça as melhores e mais baratas franquias por até R$ 10 mil.

 

1. Light Depil

Qual é o negócio da empresa? Serviço de depilação à luz pulsada de forma delivery.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 9,9 mil.

www.lightdepil.com.br

 

2. Acquazero

Qual é o negócio da empresa? Lavagem ecológica de automóveis à seco.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 6 mil.

www.acquazero.com.br

 

3. Disk Manicure Franchising

Qual é o negócio da empresa? Presta serviços de manicure e pedicure em domicílio.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 5 mil.

www.diskmanicure.com

 

4. + Depil

Qual é o negócio da empresa? Clínica especializada no tratamento estético.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 5,2 mil.

www.maisdepil.com.br

 

5. Amigo computador

Qual é o negócio da empresa? Manutenção para computadores de micro e pequenas empresas.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 7,5 mil.

www.amigocomputador.com.br

 

6. Auto Brasil

Qual é o negócio da empresa? Especializada em bloqueadores e rastreadores veiculares.

Quanto custa para se investir? A partir de 4,7 mil.

www.portalautobrasil.com.br

 

7. Auto Spa Express

Qual é o negócio da empresa? Lavagem e estética automotiva.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 9,9 mil.

www.autospaexpress.com.br

 

8. Micro franquia Smartz

Qual é o negócio da empresa? Franquia Virtual de Reforço escolar. (Home-based).

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 5 mil.

www.smartz.com.br

 

9. Magic Up

Qual é o negócio da empresa? Venda de artigos e brinquedos para mágica.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 10 mil.

www.magicup.com.br

 

10. Gigatron

Qual é o negócio da empresa? Venda de soluções de softwares de automação, controle e gestão.

Quanto custa para se investir? A partir de R$ 10 mil.

www.gigatron.com.br

 

Observe que os valores que constam são para o investimento inicial de compra da licença, outros custos decorrerão para efetivação e manutenção do empreendimento. No Brasil esta comercialização têm respaldo legal pela Lei das Franquias Empresariais 8.955 de 14/02/94.

Empresa japonesa oferece internet duas vezes mais rápida que o Google Fiber

So-net também cobra uma mensalidade inferior, mas tem taxa de instalação astronômica

Internet

 

Muitos brasileiros sentiram vontade de pegar o primeiro avião para os EUA ao saber que o Google está implantando a internet de fibra ótica de 1 gigabit no país. Estes podem mudar o destino de sua viagem: o Japão já tem um serviço que oferece o dobro de velocidade, por um preço menor.

O serviço foi anunciado nesta segunda-feira, 15, pela So-net, empresa subsidiária da Sony no Japão. Ela está oferecendo um serviço de 2 gigabits pelo equivalente a US$ 51 mensais, incluindo o aluguel do equipamento.

O acerto, no entanto, teria alguns reveses. Para aderir ao serviço, o usuário precisaria pagar uma taxa de instalação equivalente a US$ 540. Além disso, o plano exige dois anos de fidelidade.

Internets ultrarrápidas no Japão não são novidade, mas chama a atenção também o preço cobrado. O Google cobra um valor a partir de US$ 70 para oferecer seu serviço em apenas duas cidades dos Estados Unidos.

O PCWorld nota, no entanto, que a maioria dos consumidores não conseguiria tirar proveito da superconexão. Isso porque a maioria dos computadores só aceita conexão de 1 Gbps por meio de cabos e ainda menos por meio de redes sem fio. Entretanto, seria mais fácil que múltiplos usuários desfrutassem de boa qualidade de conexão, mesmo que os computadores não aguentem totalmente a velocidade.

6 dicas imperdíveis para as finanças do seu negócio

Confira as recomendações para donos de pequenas empresas que desejam gerenciar melhor as finanças

O sucesso e o crescimento das pequenas empresas são medidos,entre outro aspectos, pelo lucro gerado do faturamento. Por isso, empreendedores devem sempre estar atentos para não cometer erros que podem comprometer as finanças do seu negócio.

“A relutância em remunerar bons profissionais e de colocar em prática sistemas profissionais de gestão, o atraso no pagamento de tributos e a falta de indicadores financeiros e sistemas de informação adequados são sintomas claros de uma empresa mal administrada”, explica Rodrigo Zeidan, especialista em finanças e professor da Fundação Dom Cabral. Veja as dicas do especialista para ajudar a sua empresa nunca fique no vermelho.

1. Saiba o quanto cobrar pelo seu produto

Ao determinar o preço correto do serviço ou produto da sua empresa, o empreendedor saberá controlar melhor as suas vendas. “Cobrar um preço alto resulta em baixas vendas, mas preços muito baixos representam também perda de lucro”, ensina Zeidan. Além disso, ele conta que as estratégias de preços devem ser baseadas na demanda dos consumidores e não só nos custos de produção.

2. Planeje a longo prazo

Para que a sua empresa cresça é preciso planejar. E, para calcular o retorno sobre o investimento, o ROI, três parâmetros devem ser considerados: os investimentos atualmente realizados, a taxa de crescimento do lucro esperado e a taxa de retorno utilizada para o cálculo.

De acordo com o especialista, algumas perguntas devem ser respondidas pelos empresários para saber a rentabilidade do negócio a médio prazo. “Quanto a empresa deve crescer nos próximos anos? Quanto está sendo investido? A margem de lucro vai se manter no médio prazo? A empresa entrará em novos mercados?”, diz Zeidan.

3. Faça orçamentos anuais

Um orçamento anual eficiente deve contemplar três cenários diferentes: real, otimista e pessimista. Além disso, o preço médio do produto ou serviço da empresa deve ser calculado.  “A pequena empresa, muitas vezes, não controla o preço dos produtos que cobra e tem de seguir o mercado”, explica Zeidan. Fazer uma previsão de vendas e rever os custos são outras etapas que devem ser realizadas por empreendedores.

4. Calcule a margem de lucro

Um dos principais erros na gestão de um negócio, de acordo com o especialista, é desconsiderar que a venda de um produto deve remunerar os custos variáveis. “O foco na análise do mark-up, principalmente na área de vendas, pode esconder uma perda de lucratividade”, afirma Zeidan.

Para calcular a margem de lucro, o ideal é tentar incluir a parcela de custos fixos operacionais que o preço de vendas deve cobrir.

5. Crie uma política de descontos

O empreendedor deve conhecer bem a sua empresa para escolher a política de descontos que fica melhor no seu negócio. “O mais importante é tentar entender a disposição do público em comprar os produtos do seu negócio”, diz o especialista. Para determinar os preços, alguns fatores devem ser considerados: custos mais lucro, competição e demanda.

6. Fique atento com as dívidas

“Toda empresa apresenta uma série de dívidas para que possa sobreviver, seja com funcionários, fornecedores, bancos e com o próprio empreendedor”, afirma Zeidan. Mas, é essencial que o empreendedor gerencie bem as dívidas. A primeira recomendação do especialista é escolher o tipo de dívida, comparando taxas de juros e prazos.

O segundo passo é analisar os custos e benefícios de cada forma de financiamento. Em paralelo, os planejamentos e orçamentos não devem ser deixados de lado, mantendo-os sempre atualizados.

TIM derruba ligações de clientes de propósito, conclui Anatel

Relatório da agência indica que a operadora interrompe ligações de usuários do plano Infinity

TIM

A briga entre a Anatel e as operadoras ganhou um novo episódio: relatório feito pela agência afirma que a TIM derruba o sinal das ligações de propósito.

De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, a Anatel monitorou ligações de consumidores da TIM entre março e maio e detectou uma grande diferença na queda das chamadas feitas por usuários do plano Infinity e os outros clientes.

A Anatel verificou que as ligações foram interrompidas quatro vezes mais com os usuários do Infinity. Com isso, a agência concluiu então que a operadora derruba as ligações desses clientes propositadamente.

O plano Infinity faz com que os usuários paguem pela ligação, e não pelo tempo. Assim, a TIM supostamente interrompe as chamadas forçando os clientes a realizarem mais uma ligação para pagar novamente. A operadora teria faturado R$ 4,3 milhões ao derrubar 8,1 milhões de ligações.

O Ministério Público do Paraná pediu nova proibição nas vendas de chips da operadora no Estado, o ressarcimento aos consumidores Infinity prejudicados e o pagamento de uma indenização por dano moral coletivo.

A TIM respondeu ao jornal afirmando que está trabalhando na melhoria das suas redes. No Paraná, de acordo com a operadora, a rede está sendo ampliada e modernizada e a troca dos sistemas 2G e 3G ocorrerá até setembro, o que vai melhorar o serviço em até 60%.

Oi, Claro e TIM já estão proibidas de habilitar celular

Caso alguma prestadora descumpra a determinação da Anatel, estará sujeita ao pagamento de R$ 200 mil por dia e por cada unidade federativa em que se constatar o descumprimento

Entrou em vigor a zero hora desta segunda-feira (23/07) o bloqueio de habilitação de linhas de celular das operadoras TIM, Oi e Claro em alguns Estados. A determinação, tomada na semana passada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por conta de má-prestação de serviços, só será revertida caso as empresas apresentem planos de investimentos que garantam a melhoria da infraestrutura de redes e consequente avanço na prestação de serviços aos consumidores.

Caso alguma prestadora descumpra a determinação da Anatel, estará sujeita ao pagamento de R$ 200 mil por dia e por cada unidade federativa em que se constatar o descumprimento. Novas vendas só serão permitidas após análise e aprovação, pela Anatel, do plano apresentado.

A operadora Claro apresentou a proposta ao órgão no dia seguinte da determinação, na quinta-feira (19/07). Diretores da Oi conversaram com os representantes da agência no dia seguinte, comprometendo-se, segundo nota encaminhada à imprensa, a apresentar uma versão inicial do projeto nesta semana, ao passo que a TIM confirmou que levará o plano completo no início desta semana.

“Tomamos essa decisão por conta de reclamações de consumidores. Essas reclamações variam, mas em alguns Estados o índice chega a 100%. A decisão vale para serviços de voz e, também, de dados”, explicou o presidente do órgão, João Rezende.

A TIM está proibida de vender em 19 Estados brasileiros, a Oi em cinco e a Claro em três.  Para decidir quais operadoras teriam as vendas bloqueadas e em quais Estados, a Anatel avaliou quais empresas possuíam as piores pontuações no atendimento ao consumidor por localidade.

Mas não são apenas essas três empresas que devem explicações ao órgão regulador.  As demais operadoras de telefonia – Telefônica|Vivo, CTBC e Sercomtel – terão de apresentar um plano de investimento, no mesmo prazo das demais, comprometendo-se com a melhoria de serviços. Segundo o executivo, a Anatel optou em penalizar apenas as companhias que estivessem com piores índices de satisfação do usuário em cada Estado, para não deixar o usuário sem opção de telefonia móvel. “Entendemos que não podemos deixar o usuário sem opção”, contou.