Posts Tagged ‘2013’

Brasil será 4º maior mercado de e-commerce em 2016, prevê estudo

País deve passar Alemanha no ranking; China assumirá primeira posição, seguida por EUA

TIndex

Segundo estudo, o Brasil deve ser o quinto maior mercado de comércio eletrônico em 2013. Em três anos, o país deve conquistar o quarto lugar de participação no setor, ultrapassando países como Reino Unido e Alemanha.

As estimativas são da consultoria italiana Translate. Nelas o Brasil passa a deter 4,3% do mercado em 2016 ante 3,9% da Alemanha. O crescimento é de 53,6% enquanto o poder de compra alemão encolhe 23,5%.

A liderança mundial continuará com China, Estados Unidos e Japão. Já em 2015 o mercado chinês assume a liderança com 18,5% de participação, seguido pela queda de participação norte-americana para 17,3%. O mercado japonês mantém a terceira posição.

A projeção leva em consideração a quantidade de usuários e a renda per capita de cada país. Paralelamente também é estabelecido um índice chamado T-Index. Ele determina o poder de compra online de cada país. O Brasil atualmente tem aproximadamente 3% frente a 22% dos Estados Unidos.

Anúncios

10 mudanças que vão impactar os profissionais de TI em 2013

Mudanças importantes vão pautar os negócios e o papel do profissionais de TI no próximo ano. Saiba quais são.

Final de ano é sempre uma boa oportunidade para analisar as prioridades para o ano seguinte. Na agenda dos CIOs, dez temas ganharão atenção especial na área de Tecnologia da Informação. Veja abaixo.

10. “O meio é a mensagem”. Frase do filósofo Marshall McLuhan ainda ressoa em nosso mundo repleto de telas incluindo TV, desktop, tablet e smartphone. Como você pode otimizar o meio do usuário para melhorar a mensagem de negócios?

9. “Todo o software vai olhar o mundo assim como o Facebook.” A observação é do CEO da Salesforce.com, Mark Benioff. Ele prediz um mundo em que o software é autoexplicativo. Como isso muda o papel do CIO?

8. “Acumular dados sobre você não é apenas um hobby estranho das corporações. É seu modelo de negócios. Você é seu produto.” A frase é do senador norte-americano Al Franken, que fala sobre o potencial que Big Data tem de gerar grandes oportunidades para a indústria. Quais são as implicações para os negócios?

7. “Simplicidade é a sofisticação final.” O ditado de Leonardo da Vinci nos lembra que a era da complexidade de TI deve acabar. Quais sistemas legados você vai aposentar neste ano?

6. “O todo é maior do que a soma das suas partes.” Aristóteles não estava pensando em nuvem ou dispositivos móveis, mas seu aforismo ainda se aplica à tecnologia. Como você vai integrar essas ferramentas para criar oportunidades de negócios?

5. “É a tecnologia casada com as artes liberais, casada com as humanidades que faz nosso coração cantar.” Steve Jobs lembrou a importância do quesito design. Onde o CIO pode aplicar um bom design para fazer um bom trabalho?

4. “A resistência à mudança é muitas vezes apenas uma falta de clareza.” O autor de livro de negócios Dan Heath acertou. Como você pode esclarecer a missão de suas tropas de TI?

3. “Nunca erre para realizar algo.” O técnico de basquete John Wooden tocou em um importante ponto: você está trabalhando duro sem agregar valor ao negócio?

2. “Os analfabetos do século 21 não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não podem aprender, desaprender e reaprender.” O futurista Alvin Toffler viu o valor da aprendizagem ao longo da vida. O que você vai reaprender este ano?

1. “É melhor você começar a nadar ou vai afundar como uma pedra, pois os tempos estão mudando.” Bob Dylan provavelmente não sabe muito sobre CIOs, mas nós sim. Existe algum executivo C-level adeptos a mudanças? Lembre-se: mantenha sempre um bom trabalho!

Governo propõe salário mínimo de R$ 670,95 para 2013

BRASÍLIA – O governo apresentou nesta quinta-feira a nova projeção para o salário mínimo de 2013, que deve ficar em R$ 670,95, um reajuste de 7,8% em relação aos R$ 622 atuais. O valor é um pouco maior que a previsão anterior, que estimava o mínimo em R$ 667,75. A proposta orçamentária, que foi enviada na tarde desta quinta-feira ao Congresso, prevê ainda que o crescimento da economia em 2013 seja de 4,5%, levando o Produto Interno Bruto (PIB) nominal a R$ 4,97 trilhões. A proposta também espera que a inflação medida pelo IPCA fique no centro da meta oficial, de 4,5%

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse durante entrevista na tarde desta quinta-feira que a meta de 4,5% para o crescimento do país é uma “meta ousada” e vai na “contracorrente do que está acontecendo na economia mundial”. Segundo ele, a “mola mestra deste orçamento é o investimento”.

– (A projeção de 4,5% para o PIB) não é apenas um parâmetro ou previsão econômica, mas meta a ser seguida com ações contidas no orçamento – afirmou. – Estamos sendo ousados com essa meta.

Mantega anunciou novas desonerações, “ainda não carimbadas”, para 2013. Serão R$ 15,2 bilhões adicionais que ainda serão anunciados. O valor não inclui o anuncio de novas medidas feitos ontem, que somaram R$ 3,9 bilhões somente para 2013, com a redução do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para vários setores. O pacote divulgado ontem previa uma renuncia fiscal de R$ 6,08 bilhões em medidas que vão começar a valer no mês que vem.

O Ministério da Fazenda prevê também um deficit nominal do setor publico consolidado de 1,6% do PIB neste ano e de 1% do PIB no ano que vem. Os investimentos do governo, de acordo com a proposta da Lei do Orçamento, devem somar R$ 186,9 bilhões. Deste total, R$ 110,6 bilhões virão das estatais. Somente o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) ficará com R$ 126,3 bilhões.

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse que servidores do Legislativo e Judiciário também terão aumento de 15,8%, em três parcelas, sendo 5% em 2013, o mesmo patamar negociado para servidores do Executivo. O impacto dos reajustes na folha de pessoal de 2013 é de R$ 8,9 bilhões, segundo a ministra.

O impacto do salário mínimo será de R$ 15,07 bilhões, segundo a ministra. O deficit da Previdência devera ficar em R$ 34,2 bilhões em 2013. Ela destacou que os aposentados que recebem mais de um salário mínimo terão reajuste de 5%, como está previsto na lei.

As despesas discricionárias do Poder Executivo (aquelas que podem ser cortadas) serão 12,9% maiores em 2013 do que neste ano, pela proposta orçamentaria do governo encaminhada ao Congresso. Vinte e dois órgãos tiveram previsão de despesas maiores e outros oito terão de gastar menos em 2013. A Vice-presidência terão O mesmo valor para gastar que em 2012: R$ 5,1 milhões.

Gasto com eventos esportivos está previsto em R$ 1,9 bilhão

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que a segurança dos eventos internacionais terá por base o trabalho conjunto da Policia Federal, Forcas Armadas e policias estaduais.

– Já ocorreu na Rio+20 e vai acontecer na Copa das Confederações, Copa do Mundo e Olimpíadas -disse a ministra.

De acordo com a proposta orçamentaria enviada ao Congresso, estão previstos gastos de R$ 1,913 bilhão com esses grandes eventos. Deste total, R$ 1,049 bilhão ficarão concentrados no ministério do Planejamento. Segundo a ministra, a explicação esta no fato de os recursos para a segurança destes eventos serem liberados na medida em que forem definidas as necessidades.