Instituto HP inicia operação no Brasil

Iniciativa visa tapar lacunas de TI em negócios dentro das companhias, não exclusivamente para a HP

Estão abertas oficialmente as portas do Instituto HP em solo brasileiro, iniciativa da fabricante que visa capacitar e desenvolver habilidades em estudantes universitários que visam trabalhar no mercado de tecnologia. A proposta é, segundo Alexandre Jose, responsável pelo projeto no País, minimar os problemas pela falta de mão de obra qualificada para o setor de TI.

Mas não se trata de criar talentos apenas para a HP, explica o executivo. Existe toda uma missão “filantrópica” por trás desse movimento, que é, por exemplo, tapar lacunas de talentos também entre os parceiros da companhia. Hoje, segundo Jose, existem mais de 300 oportunidades de emprego que não são fechadas devido à falta de profissionais especializados. “A ideia é desenvolver mão de obra qualificada, mesmo que ele vá para um concorrente. O mercado é altamente rotativo, isso não é um problema”, diz, afirmando que a escolha da HP seria uma opção orgânica e não forçada.

A fabricante iniciará o processo de seleção de universidades para trabalhar em parceria nesta toada. Até o final de 2014, a meta é contar com 50 instituições de ensino sob a chancela do Instituto HP, entre universidades e escolas técnicas. Na Inglaterra, onde a iniciativa já roda há mais tempo, são mais de 200 instituições de ensino trabalhando desta forma.

No modelo inglês, aliás, universidades “periféricas” (não de forma pejorativa, claro) foram grandes entusiastas do Instituto HP, conta Jose, o que criou um diferencial competitivo para os alunos formados nesses centros educacionais em relação a instituições mais tradicionais de ensino, modelo que pode ser bastante atraente para o mercado brasileiro.

Outro ponto válido é que não se tratam de certificações técnicas, mas sim de tecnologia aplicada aos negócios. “Não vamos ensinar tecniques, mas sim como esses alunos conseguirão pensar em TI como negócio, visando solucionar problemas dentro das empresas”, salienta.

Jose ressalta que a parceria junto às universidades se dará por meio da CertiPort, que já atua com a HP no desenvolvimento das certificações, assim como também é uma das principais parceiras na certificação de profissionais Microsoft, Adobe e Autodesk. “Uma vez que o contrato é assinado com a instituição de ensino, podemos trabalhar em sinergia com esses fabricantes”, comenta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: