Nova tecnologia wireless permitirá transmissão de dados a 7 Gbps

Padrão WiGig oferece velocidades 10 vezes maiores que as mais rápidas redes Wi-Fi e é aposta da fabricante para conectar dispositivos

A Intel demonstrou uma nova tecnologia wireless que proporciona velocidades transmissão de até 7 Gbps, 10 vezes mais rápida que a de redes Wi-Fi com base no padrão 802.11n.

A fabricante de chips apresentou a tecnologia Wireless Gigabit (WiGig) utilizando um ultrabook. A empresa disse a WiGig está a caminho de se tornar a mais importante tecnologia wireless multi-gigabit da próxima geração.

O CTO da Intel, Justin Rattner, disse que vai chegar um dia em que um ultrabook ou tablet poderão ser colocados sobre uma mesa em qualquer lugar e estarão conectados automaticamente a um monitor e periféricos.

“Olhando para o futuro, toda a computação irá se tornar sem fio, com uma demanda cada vez maior por uma comunicação wireless rápida”, disse Rattner, em um comunicado. “Estou animado com o que eu vi da tecnologia WiGig até agora – não só a sua capacidade de transmissão, mas também a flexibilidade da tecnologia para uma ampla gama de aplicações.”

A Intel demonstrou a WiGig, combinada com camadas de protocolo avançados de adaptação (PAL) desenvolvidos para PC e aplicativos móveis.

A tecnologia opera em uma frequência não-licenciada de 60GHz, maior que as frequências de 2,4 GHz e 5GHz usadas por produtos Wi-Fi existentes. Isso permite que canais mais amplos que suportam velocidades de transmissão mais altas.

A especificação WiGig é baseada no padrão IEEE 802.11, que é o núcleo de centenas de milhões de produtos Wi-Fi em uso em todo o mundo, de acordo com a Wireless Gigabit Alliance – organização responsável pelos padrões Wi-Fi existentes. A organização afirmou que essa especificação inclui suporte nativo para frequências de mais de 60GHz, e novos dispositivos com rádios tri-band que serão capazes de se integrar sem problemas a redes Wi-Fi de 2.4GHz e 5GHz.

Segundo o presidente da WiGig Alliance, Ali Sadri, a especificação também suporta implementações sem fio de interfaces HDMI e DisplayPort, bem como a proteção de conteúdo digital de banda larga (HDCP) – esquema usado para proteger contra cópia vídeo e áudio digital transmitido nessas interfaces.

A WiGig, por exemplo, permite a conectividade sem fio usando HDMI, de modo que laptops podem um dia ser capazes de se conectar a televisores e transmitir vídeos. “Dentro dos próximos anos, acredito que as pessoas não saberão como puderam ficar tanto tempo sem essa tecnologia”, disse Sadri. “Ela está quase pronta, e com chips de várias empresas associadas em produção e certificação pronta para meados de 2013, espero uma verdadeira explosão no número de dispositivos WiGig chegando ao mercado em breve.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: