Cisco investe em centro de inovação bilionário no Rio de Janeiro

Companhia vai investir R$ 1 bilhão nos próximos quatro anos, além de expandir produção local e desenvolver a propriedade intelectual

 

Rio de Janeiro
rio de janeiro

Stephanie Kohn

Nesta segunda-feira (02/04), durante a Cisco Plus, conferência nacional da Cisco que está acontecendo no Rio de Janeiro de 2 a 4 de abril, o presidente da empresa no Brasil, Rodrigo Abreu, anunciou um investimento bilionário em um centro de inovação na capital carioca. Na palestra também estavam presentes o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o governardor do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes.

Segundo o executivo, a Cisco vai investir R$ 1 bilhão nos próximos quatro anos, além de se focar em expandir a produção local, desenvolver a propriedade intelectual e formalizar parcerias com empresas e entidades brasileiras para o desenvolvimento em conjunto de inovações. A companhia ainda deverá criar um fundo de venture capital para economia digital e tecnologia da informação e informação. “O compromisso da Cisco é transformar o Brasil em um país melhor. Completamos 18 anos de Brasil com mais de 600 profissionais e dez mil parceiros que empregam seis mil profissionais. A Cisco Brasil é uma das que mais cresce e uma das maiores do mundo”, comentou o presidente.

Há um ano a companhia anunciou o início da fabricação local, que já foi ampliada duas vezes. Agora, segundo o executivo, o compromisso é ainda maior e será a longo prazo. O centro, que deverá ser aberto no segundo semestre próximo ao Porto Maravilha, na cidade do Rio de Janeiro, vai gerar mais de 800 empregos nos próximos quatro anos e irá se concentrar, inicialmente, em soluções para o desenvolvimento urbano (smart connect communities), esportes e entretenimento, segurança pública, educação e saúde. Novas áreas deverão ser adicionadas em 2013, incluindo óleo & gás e energia inteligente.

“Somos um país com grande potencial de crescimento. Acreditamos que a tecnologia tem papel fundamental neste crescimento. Nosso objetivo nessa jornada é se tornar o melhor parceiro tecnológico no país”, disse.

A escolha pelo Rio de Janeiro se deu de forma natural, pois, segundo ele, trata-se de um local aberto a novas ideias e boa gestão. Por isso, a Cisco pretende levar à cidade e ao país a cultura de inovação do Silicon Valley (Estados Unidos). “Queremos trazer este ecossistema para cá, além de aumentar a gama de produção e a presença local. Fora isso, vamos estabelecer a propriedade intelectual em uma parceria que começa hoje com a Intelbras, favorecendo pequenas e médias empresas”, ressaltou.

O presidente ainda anunciou um acordo com o Senac Rio, que vai beneficiar estudantes na área de comunicação. Este é o maior programa de educação de tecnologia do mundo com 25 mil alunos e projeção para atender 50 mil até 2014. O chamado Cisco Networking Academy ainda atende comunidades do Rio como a do Morro do Alemão.

Aproveitando o evento, o Ministro das Comunicações comentou que o governo está preparando grandes investimentos para o Brasil. Segundo ele, haverá duas licitações importantes para a Copa: rede 4G, que será dez vezes mais rápida que a atual, e internet na área rural. Além disso, de acordo com o ministro, a presidente Dilma está preparando medidas como desoneração da construção de redes de telecomunicação, que vai gerar impulso para o consumo e empregos, além de incentivar a inovação.

*A jornalista viajou para o Rio de Janeiro a convite da Cisco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: