Belo Horizonte pode retomar o título da capital brasileira da TI

JULIA DUARTE.

O plano de tornar Belo Horizonte a capital brasileira da tecnologia da informação (TI) até 2022 ganhou inspirações durante a Missão Oficial à Índia, que aconteceu entre os dias 10 e 18 de outubro. Lá, representantes do setor puderam trocar experiências com empresários locais. O principal ponto em discussão foi a forma como a Índia conseguiu substituir o uso de mão de obra americana e europeia pela local.

Dentro do setor de TI, participaram da viagem oficial o presidente do Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (Sindinfor) e vice-presidente do Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (Ciemg), Arquimedes Wagner Brandão de Oliveira; o presidente da Sociedade Mineira de Software (Fumsoft), Thiago Turchetti Maia; o vice-presidente da Fumsoft, Leonardo Fares Menhem; e o presidente da Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais (Sucesu-MG), Marcos Luis Rocha Calmon de Passos.

O presidente do Sindinfor e vice-presidente do Ciemg, Arquimedes Wagner Brandão de Oliveira, afirma que foi possível observar in loco o que era conhecido somente por meio de livros. “Pudemos conhecer melhor a história da evolução da atividade de TI indiana que começou nos anos 80 e teve um rápido crescimento nos últimos 10 anos”, observa.

Qualificação – A questão da qualificação de mão de obra, para Brandão de Oliveira, foi a mais importante lição trazida do país asiático. Ele explica que executivos indianos fizeram parcerias com as universidades locais para o desenvolvimento de grades curriculares na área de TI de acordo com a realidade empresarial.

“Em contrapartida, as empresas garantiam a contratação de 50% da mão de obra formada com aquele currículo escolar. Precisamos desenvolver esse tipo de programa no Brasil, a falta de mão de obra qualificada é uma questão séria que impede o setor de crescer”, avalia.

No entanto, Brandão de Oliveira também lembra que Belo Horizonte vive um cenário de pleno emprego muito diferente do vivenciado na Índia. “Lá as pessoas estão pedindo para trabalhar”, diz. Ele informa que existe a possibilidade de empresas mineiras fecharem parcerias com algumas companhias indianas de menor porte, mas não entrou em detalhes sobre as negociações.

Também durante a missão, os representantes do setor de TI apresentaram ao governador Antonio Anastasia o planejamento que o setor tem para os próximos 10 anos, cujo principal objetivo é retomar para Belo Horizonte o título de capital brasileira do software.

“Digo retomar porque há cerca de seis anos já ocupamos essa posição. Mas com o tempo fomos perdendo profissionais para o mercado paulista, por motivos diversos, e perdemos o posto. Esses profissionais que seguiram para São Paulo estão começando a retornar para Belo Horizonte e queremos aproveitar esse movimento”, afirma Brandão de Oliveira.

Ele informa que o objetivo final do projeto é constituir em Belo Horizonte um polo de TI fisicamente localizado. “Seria onde as empresas ficariam congregadas. O projeto envolve, além da parte física, o programa de capacitação profissional, nos moldes do conhecido na Índia, com cursos de curto período de duração”, observa.

Comandada pelo governador Antonio Anastasia, a missão teve como objetivo incrementar o comércio bilateral entre Minas Gerais e o país asiático. Além do governador, participaram da viagem oficial o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Narcio Rodrigues; a secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck; o diretor-presidente do DIÁRIO DO COMÉRCIO, Luiz Carlos Costa, representantes da Fiemg, do Consulado da Índia e da Câmara de Comércio Índia Brasil, além de empresários de diversos setores.

 

Fonte: Diário do Comércio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: